• Mesa Posta Ruinha

    On: 11/23/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    2Edição e recolha de conteúdos: Oficinas do Convento, 2015

    “Nas zonas rurais de Montemor-o-Novo, quando chegava o Carnaval, as pessoas punham a mesa. Em cada casa enchia-se uma com comida e bebida, e durante dias, por vezes a semana inteira, a porta aberta recebia os visitantes. As pessoas andavam de aglomerado em aglomerado, de monte em monte, visitando amigos e familiares, encontrando outras pessoas, sempre em volta da mesa posta, de enchidos, doces, pratos tradicionais, vinhos e licores locais. Os acordeões e as gaitas acompanhavam as danças, as conversas, os reencontros e os caminhos. Era a altura de dar tempo para visitar e descontrair, com o inverno no fim a primavera abria a porta. Com as transformações que o mundo rural sofreu, com a perda de população e alterações nas actividades agrícolas, este hábito foi caindo em desuso, e hoje em dia já não se faz. Sendo uma prática em relação à qual há bastantes memórias, e havendo um grande carinho daqueles que viveram as mesas postas, vamos procurar novos significados e contextos para o dar, oferecer a mesa e celebrar.”

     

    Preço: 1€ (IVA incluído)

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

     

     

     

    3 + informação
  • Mesa Posta Largo da Estação

    On: 11/23/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    2Edição e recolha de conteúdos: Oficinas do Convento, 2014

    “Nas zonas rurais de Montemor-o-Novo, quando chegava o Carnaval, as pessoas punham a mesa. Em cada casa enchia-se uma com comida e bebida, e durante dias, por vezes a semana inteira, a porta aberta recebia os visitantes. As pessoas andavam de aglomerado em aglomerado, de monte em monte, visitando amigos e familiares, encontrando outras pessoas, sempre em volta da mesa posta, de enchidos, doces, pratos tradicionais, vinhos e licores locais. Os acordeões e as gaitas acompanhavam as danças, as conversas, os reencontros e os caminhos. Era a altura de dar tempo para visitar e descontrair, com o inverno no fim a primavera abria a porta. Com as transformações que o mundo rural sofreu, com a perda de população e alterações nas actividades agrícolas, este hábito foi caindo em desuso, e hoje em dia já não se faz. Sendo uma prática em relação à qual há bastantes memórias, e havendo um grande carinho daqueles que viveram as mesas postas, vamos procurar novos significados e contextos para o dar, oferecer a mesa e celebrar.”

     

    Preço: 1€ (IVA incluído)

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

     

     

     

    3 + informação
  • Mesa Posta Rossio

    On: 11/23/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    2Edição e recolha de conteúdos: Oficinas do Convento, 2014

    “Nas zonas rurais de Montemor-o-Novo, quando chegava o Carnaval, as pessoas punham a mesa. Em cada casa enchia-se uma com comida e bebida, e durante dias, por vezes a semana inteira, a porta aberta recebia os visitantes. As pessoas andavam de aglomerado em aglomerado, de monte em monte, visitando amigos e familiares, encontrando outras pessoas, sempre em volta da mesa posta, de enchidos, doces, pratos tradicionais, vinhos e licores locais. Os acordeões e as gaitas acompanhavam as danças, as conversas, os reencontros e os caminhos. Era a altura de dar tempo para visitar e descontrair, com o inverno no fim a primavera abria a porta. Com as transformações que o mundo rural sofreu, com a perda de população e alterações nas actividades agrícolas, este hábito foi caindo em desuso, e hoje em dia já não se faz. Sendo uma prática em relação à qual há bastantes memórias, e havendo um grande carinho daqueles que viveram as mesas postas, vamos procurar novos significados e contextos para o dar, oferecer a mesa e celebrar.”

     

     

     

     

     

    3ESGOTADO

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Mesa Posta Bairro da CHE

    On: 11/23/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    2Edição e recolha de conteúdos: Oficinas do Convento, 2016

    “Nas zonas rurais de Montemor-o-Novo, quando chegava o Carnaval, as pessoas punham a mesa. Em cada casa enchia-se uma com comida e bebida, e durante dias, por vezes a semana inteira, a porta aberta recebia os visitantes. As pessoas andavam de aglomerado em aglomerado, de monte em monte, visitando amigos e familiares, encontrando outras pessoas, sempre em volta da mesa posta, de enchidos, doces, pratos tradicionais, vinhos e licores locais. Os acordeões e as gaitas acompanhavam as danças, as conversas, os reencontros e os caminhos. Era a altura de dar tempo para visitar e descontrair, com o inverno no fim a primavera abria a porta. Com as transformações que o mundo rural sofreu, com a perda de população e alterações nas actividades agrícolas, este hábito foi caindo em desuso, e hoje em dia já não se faz. Sendo uma prática em relação à qual há bastantes memórias, e havendo um grande carinho daqueles que viveram as mesas postas, vamos procurar novos significados e contextos para o dar, oferecer a mesa e celebrar.”

     

    Preço: 1€ (IVA incluído)

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

     

     

    3 + informação
  • Espaço

    On: 11/20/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    2Coordenação e edição: Sara Antónia Matos, 2008

    Com textos de: Alberto Carneiro, Bernardo Pinto de Almeida, Bruno Marchand, Catarina Rosendo, Delfim Sardo, João Tabarra, José Augusto Mourão, Nuno Grande, Nuno de Melo Gonçalves, Pedro Gadanho, Pedro de Llano, Rodrigo Eduardo Silva, Rui Chafes e Sara Antónia Matos.

    “Os quatro painéis da conferência foram subordinados aos subtítulos: ‘Experimentar, Herdar, Ligar e Prospectivar. Procurou-se questionar um espaço de tensões sem o qual o próprio conflito civilizacional não pode existir. Este reside precisamente nisso, na construção do seu espaço, no seu projecto, vivência e representação.

    Com o intuito de problematizar a operatividade de tais tensões, os diversos painéis versaram a dilatação e a permeabilidade do espaço das disciplinas artísticas, direcções possíveis para a estética e para o discurso sobre a arte, e ainda a relação da arte contemporânea com as heranças culturais e o património histórico. Acima de tudo, colocou-se em discussão como é que a prática artística contribui para a construção de um ‘lugar habitado'”

     

     

    3Preço: 15€ (IVA incluído)

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

     

     

    + informação
  • Projecto Rio

    On: 11/20/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    2Coordenação e edição Virgínia Fróis, 2007

    Textos e imagens: Rio, Paisagem e Cidade: Antoni Remesar, Daniela Brasil, Fernando Quintas, Luís Jordão, Sandra Xavier, Sara Antónia Matos, Sílvia Barradas, Sofia Pimenta, Tiago Fróis e Virgínia Fróis. Conversas à Volta do Rio: Ana Cristina Azerêdo, André Jorge Pinto, António Chambel, Antoni Remesar, António Pinto Ribeiro, Carlos Pinto Sá, Delfim Sardo, Hans Jorg Bohm, Ícaro Dias da Silva, Isabel André, Isabel Sabino, Javier Maderuelo, Jerónimo Cid da Silva, João Alface, João Pereira, José António Fernandes Dias, Leonor Nazaré, Maria Amélia Loução, Maria Filomena Molder, Marta Mattioli, Miguel Cabrita, Miguel Ramalho, Pedro Salgado, Teresa Pinto Correia, Tiago Fróis, Victor Mestre e Virgínia Fróis. Projecto Rio: Ana Teresa Magalhães, Catherine Henke, Diana Simões, João Pereira, Maria João Pacheco, Maria Remédio, Mariana Silva, Nuno Lemos, Pedro Ferreira, Raquel Feliciano, Rita Roberto, Rui Gato, Sara Navarro, Susana Gaudêncio, Tânia Diniz, Tiago Fróis e Vasco Fernando

    “Esta publicação dividida em três ‘livros’ é o resultado final do Programa ‘Projecto Rio’, desenvolvido pela Associação Cultural Oficinas do Convento no período de 2003 a 2005. Dessa experiência resultaram: a Oficina ‘Rio, Paisagem e Cidade’, realizado em Março de 2003; o ciclo de conferências ‘Conversas à Volta do Rio I e II’, realizado em Fevereiro de 2004 e em Outubro de 2005; e ‘Projecto Rio’, conjunto de projectos artísticos realizados ao longo de 2004 e 2005.” – Virgínia Fróis

    Preço: 15€ (IVA incluído)

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Margens

    On: 11/19/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    2Edição e coordenação: Sara Antónia Matos, 2007

    Com textos de: Sara Antónia Matos, Bernardo Pinto de Almeida, Javier Maderuelo, Alberto Carneiro, Virgínia Fróis, Luís Firmo, Miguel Honrado, José Gil, Ruth Rosengarten, Jacinto Lageira, Maria Teresa Cruz, Ricardo Nicolau, Maria João Gamito, Gabriela Vaz-Pinheiro, Liliana Coutinho e Rui Horta.

    “Margens é, talvez, o lugar de problematização, um lugar de experimentação em que se abrem novos caminhos e efectivam possibilidades. Idealmente, o acto de criação opera sempre num lugar de margem, isto é, comport o desconhecido, o teste, o risco, a abertura ao novo. Se é um espaço de encontro, também é o da falha e também esse há que integrar.

    Assim, pensar na ideia de margem, creio, diz sobretudo respeito a indagar um modus operativo – o de um fazer não formatado. (…)” – Sara Antónia Matos

    3

    Preço: 15€ (IVA incluído)

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Poster-it #0

    On: 11/19/2020
    In: Publicações
    Views: 0
     Like

    _MG_4968Edição e coordenação: Miguel Rocha e Tiago Fróis, 2018

    A Poster-it #0 é a primeira publicação de um projecto desenvolvido na Oficinas do Convento que contou com a colaboração dos artistas:

    Inês Pucarinha

    McCloud Zicmuse

    Miguel Rocha

    Ana Almeida Pinto

    Tiago Fróis

    Renata Bueno

    Susana Marques

    Marvina

    Paula Martinez

    Miguel Carneiro

    OFICINA ARARA

    Agenda da Tipografia

    2Esta fanzine  junta um conjunto de posters em serigrafia criados por estes artistas e conta com duas capas distintas.

    Preço: 25€ (IVA incluído)

    Para compra e entrega por transportadora contactar comunicacao@oficinasdoconvento.com

    + informação