• Residência Artística “1432cm3″

    On: 04/15/2019
    In: OCT, Residências
    Views: 0
     Like

    Thomas Flores, o vencedor da segunda edição do concurso de Residências Artísticas Brick, vai desenvolver, em residência na Oficinas do Convento o seu projecto “1432cm3″.

    thomas flores1432CM3 é um projecto que visa adoptar uma atitude disruptiva e animada do processo de construção do tijolo, abanar o seu pragmatismo e a sua razão de ser através do encontro com outras formas de moldar o elemento do tijolo, para o aplicar a novos funcionamentos no campo do design de mobília e nos objectos do dia-a-dia. Contudo, o projecto pretende manter as técnicas de produção ligadas ao tijolo (peças independentes ligadas pelo cimento).

    Dessa forma, é em simultâneo uma arte e um projecto de design. Por um lado baseia-se na pesquisa técnica para encontrar novas aplicações, e por outro lado, esta pesquisa serve o objectivo absurdo de construir objectos que parecem ter esquecido a sua razão de construção.

    O projecto está dividido em duas fases: uma para experimentação e outra para produção.

     

    + informação
  • Residência Castle Jam

    On: 03/20/2019
    In: Residências
    Views: 0
     Like

    CASTLE JAM

    De 29 a 31 de Março 2019

    castlejamA Castle Jam é uma residência artística orientada para a criação colectiva de jogos digitais e analógicos, que vai ocorrer no Convento de S. Francisco (Oficinas do Convento).

    O evento decorre de dia 29 de Março 8PM a 31 de Março 8PM, decorrendo ao longo de cerca de 48h contínuas.

    Existem 15 vagas para participantes para a Castle Jam, providenciando-se acesso a duches e uma sala de descanso (os participantes devem trazer os seus próprios sacos de cama e produtos de higiene).

    A Castle Jam é uma iniciativa de A Ludoteca e Oficinas do Convento.

    Inscrições

     

    + informação
  • Residência Artística Rosa Mimosa y Sus Mariposas

    On: 03/11/2019
    In: Residências
    Views: 0
     Like

    Durante os dias 11, 12 e 13 de Março, a Oficinas do Convento recebe Rosa Mimosa y Sus Mariposas em residência artística, onde estarão focados na criação de temas, com o intuito de vir a gravar o seu primeiro álbum.

    FB_IMG_1552054853659Paixão, fervura de dançar, alegria e cultura Latino-Americana para aquecer os corações!
    Rosa Mimosa y sus mariposas! Nasce em Lisboa em Março de 2016, num lugar de encontro de amigos,  que através da influência da Cumbia se tornou num espaço de intercâmbio e de partilha de diferentes raízes culturais e musicais que cada integrante leva consigo.
    “Rosa” é o significado da floração dos ensaios, jams de muitas pessoas que desfrutam e dançam a frequência que a Cumbia transmite.
    Rosa Mimosa y Sus Mariposas, leva-nos pelos diversos ritmos cumbieros da América-latina desde a Cumbia tradicional colombiana, passando pela Chicha peruana, o Punk-cumbiero argentino, Nueva Cumbia chilena, a Cumbia criolla,
    “Las mariposas” contam com um set de sopros, percussões, cordas e duas vozes. Os seus integrantes vêm de diversas partes, desde Lisboa ao Norte de Portugal, como Angola, Uruguay e Argentina.
    + informação
  • Residência Artística “Wearing bricks – a body landscape”

    On: 12/04/2018
    In: OCT, Residências
    Views: 0
     Like

     

    Residência Artística “Wearing bricks – a body landscape”

    project-outline-009Inicia-se hoje a Residência Artística “Wearing bricks – a body landscape” de Cristina Gallizioli e Marco Ferrari, que se vai dividir em duas fases. A primeira fase vai decorrer entre os dias 3 e 10 de Dezembro de 2018, enquanto que a segunda fase terá lugar no início do próximo ano.

    Este projecto insere-se no concurso de Residência Artística do Tijolo,  onde a abordagem ao Tijolo vai ser o ponto fulcral no desenvolvimento deste trabalho e vai consistir na instalação de pequenos tijolos, para criar estruturas arquitectónicas em torno do corpo como se este se tratasse de uma paisagem. A instalação transforma-se numa performance através da presença da figura humana, da mesma forma que os artistas vão usar os projectos dos pequenos tijolos  na criação de um cenário para as suas histórias tomarem lugar.

    Segundo os artistas, o projecto é uma experimentação da imaginação, da mesma forma que estará aberto para discussão e receptivo a ideias no que diz respeito ao uso de pequenos tijolos no design, na arquitectura, na produção de detalhe e objecto, como forma de tirar proveito da modularidade e das características tácteis do tijolo.

     

     

     

     

     

    + informação
  • Residência Artística Nadia and Raphaël

    On: 11/28/2018
    In: Residências
    Views: 0
     Like

     

    Residência Artística Nadia e Raphaël na Oficinas do Convento

    De 29 de Novembro a 5 de Dezembro

    Improvisação em música e dança

     

    nadia e raphaelNadia e Raphaël começaram a trabalhar juntos em 2017 na Malásia, no sexto No Borders Project, uma performance colaborativa em residência. Criaram o seu primeiro dueto baseado na improvisação e na dança: dueto, apresentado em Kuala Lumpur Performing Art Center, em Janeiro 2018.

    Estão agora a desenvolver uma nova peça baseada na improvisação através da questão da inspiração e da influência. O que é que me afecta enquanto danço? De que forma confio no meu parceiro, na audiência e nos meus sentidos? De que forma é que o ambiente, o cheiro, a luz, os sons, transformam a dança criada por nós?

    A sua investigação foca-se na qualidade da presença. a sua intenção é convidar a audiência a mergulhar nesta qualidade com eles, para sentir a experiência colectiva efémera ao qual eles chama de performance. Querem ligar esta investigação com a natureza e os seus sons, luzes e cheiro. É por isso que têm a intenção de convidar a audiência a gostar da música e da performance de dança num espaço aberto.

     

    Biografias

    Nadia Funes

    Nasceu na Argentina, em 1981 e vive agora no Brasil. Instrutora de Yoga e Acroyoga, Nadia Funes actuou como educadora e performer na investigação da consciencialização do corpo nas áreas de Improvisação de Contacto, Body Music e técnicas circenses há mais de 13 anos. Começou os seus estudos nas áreas performativas em 1998 e deixou o seu país em 2006 com o objectivo de expandir o seu conhecimento através de culturas mundiais, acreditando na integração das artes com o caminho espiritual. Viajou enquanto performer na Europa e na América Latina, viveu 3 anos na Ásia onde aperfeiçoou os seus estudos espirituais e graduou-se em terapias Thai. Actualmente vive no Brasil onde dá cursos, assistência Thau e apresentações de performances na AguaTai e no núcleo Conexão Tailandia, onde, constantemente, lhe é providenciado melhores técnicas que contribuem para a melhoria da qualidade de vida e relações, honrando os pilares do amor, respeito, aceitação e alegria. Hoje em dia é uma das professoras do movimento AcroContacThai em São Paulo, Brasil.

    Trabalha com especial atenção com Tok Sen e terapia Thai Yoga.

     

    Raphaël Holt

    Nasceu em 1987, em França e vive actualmente em Paris. Raphaël Holté um improvisador, cineaasta e impulsionador. Em 2011 graduou-se na Escola Francesa de Filme Nacional Louis Lumière, onde escreveu a sua tese sobre a improvisação no cinema. É aí que começa a desenvolver a sua própria linguagem em ficção, realizando curtas metragens usando improvisação colectiva e “open scores”. Raphaël continuou a aprender enquanto assistente em filmes realizados por Woody Allen, Yves Angelo, Fernando Meirelles e Michel Gondry em Paris e Nova Iorque.

    De 2012 a 2014, em residência no Estúdio de Arte Contemporânea Le Fresnoy, integrou dança com cinema através da práctica filmica e performance. Explorou o movimento através da improvisação e improvisação de contactp com Karen Nelson, Tal Avni, Malcolm Manning e Vangelis Legakis.

    Desde 2015, Raphaël tem dançado, viajado e filmado em vários projectos trasnpondo o ritual, a performance e o film na América do Sul, Ásia e Europa.

     

    + informação
  • Residência de Sonoscultura – isaSoundBox

    On: 10/29/2018
    In: Oficinas, Residências
    Views: 0
     Like

    Residência de Sonoscultura – isaSoundBox

     

    Image converted using ifftoany

     

    Durante o mês de Outubro, Simão Costa vai estar em Residência na Oficinas do Convento a desenvolver o projecto isaSoundBox, que se trata de um conjunto de peças interactivas, de caráter participativo.  São caixas de formatos variados, obcecadas por tornar o som tátil e visível, usam altifalantes subwoofer para dar corpo ao som. O toque é assim eleito meio soberano de contacto entre os som o os ouvintes, e entre os ouvintes e as caixas.

    Ao longo da Residência e do mês de Outubro vão ser realizados vários Workshops na Oficina da Criança em Montemor-o-Novo com o intuito de dar a conhecer intuitivamente o projecto.

     

    Datas dos Workshops:

    3 e 4 de Outubro das 14:00h – 18:00h

    17, 18 e 19 de Outubro das 14:00h – 18:00h

    31 de Outubro e 2 de Novembro das 14:00h – 18:00h

     

    isaSoundBox – põe-te a pensar fora da caixa.

    Créditos:
    Concepção e criação Simão Costa e João Calixto

     

  • Nu Ta Fazi

    On: 10/15/2018
    In: OCT, Oficinas, Projectos, Residências
    Views: 0
     Like

    Nu Ta Fazi

    Olaria de Cabo Verde em Portugal

     

    Setembro / Outubro de 2018

    Mestras Convidadas :

    Oleiras: Isabel Mendes Semedo e Edna Sanches Varela(Ângela)

    Centro de Artes e Ofícios de Trás os Montes, Município de Tarrafal de Santiago, Cabo Verde

     

    cartaz-etnoceramica-logos-WEB

    O presente projeto, que decorrerá entre 27 de Setembro e 29 de Outubro, tem o propósito de promover a aprendizagem das artes e dos saberes locais, em especial da olaria, contribuindo para a revalorização de comunidades e dos seus valores culturais, compreende uma estreita cooperação entre o meio ambiente e a criação de valor artístico, económico e social. É, neste âmbito e com o objectivo de promover trocas e conhecimento na área das artes tradicionais, potenciando a tomada de consciência dos valores identitários, estimulando a inovação e criatividade.

    Divulgar e valorizar os saberes tradicionais ligados à olaria caboverdiana, numa lógica de partilha de experiências e trocas culturais, envolvendo artistas, artesãos e todos os interessados.

    A formação é dada pelo método de aprendizagem tradicional, transmissão directa mestre aprendiz e aprender – fazendo.

    12, 13 e 14 de Outubro
    Nu Fazi Cunda e Poti e outras coisas de barro

    Oficina orientada por Isabel Semedo e Edna Varela, duas oleiras de  Trás os Montes no Tarrafal de Santiago, e pela escultora Virgínia Fróis

     

     

     

     

     

    27 de Outubro
    Nu Ta Quema todas as coisas de barro
    Cozedura das peças em Soenga

    28 Outubro
    FESTA É REBENTOLA…
    Encerramento em regime de Mesa Posta com uso das criações de barro das oficinas nas 3 cidades nos potes e pratos de barro.

    Cachupa e sopa da panela no lume de chão, doces das 3 cidades portuguesas, SERENATA de fusão concertinas e cante.

    Inscrições 60€
    (inclui almoço e festa de encerramento)

     

     

     

     

     

    + informação
  • Residência Artística “Anatomia Regional”

    On: 09/17/2018
    In: OCT, Residências
    Views: 0
     Like

    Projeto-Eduardo-Freitas-1-009Eduardo Freitas, o vencedor do Concurso da Residência Artística Tradição >< Contemporâneo, vai desenvolver na Oficinas do Convento, de 17 de Setembro a 17 de Outubro, o seu projecto denominado de “Anatomia Regional”, onde abordará dois conceitos principais: “o corpo e a Tradição do Alentejo”. Para investigar o tema corporal vai materializar imagens da anatomia humana, como os órgãos, ossos e sons do organismo. Já os aspectos do Alentejo serão representados pelos seus elementos culturais, materiais e valores históricos, como o pão, o cante alentejano e as relações sociais concernentes a essa região.

    Para a realização dos trabalhos, o artista vai utilizar fundamentalmente a técnica de cerâmica e dispositivos sonoros. Dessa maneira, os objetos executados apresentarão diferentes linguagens artística – escultura, objeto, instalação sonora, entre outras –, resultando numa produção híbrida, que aproxima recursos atuais e técnicas tradicionais, ou seja, a cerâmica e medias digitais. Sendo assim, tenciona-se uma reflexão crítica sobre os sistemas do corpo humano diante do sistema sociocultural do alentejano.

     

    Biografia do Artista:

    Eduardo Freitas nasceu a 2 de Maio de 1990, em Ponta Grossa, Brasil. Em 2017 decidiu vir para Portugal na expectativa de encontrar novos estímulos e impulso criativo para a sua produção artística. Reside em Évora desde então.

    Quanto à sua formação, e, 2014 especializou-se em Poéticas Visuais pelo programa de pós-graduação da Escola de
    Música e Belas Artes do Paraná – UNESPAR / Brasil; Em 2012 licenciou-se em Escultura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná -UNESPAR / Brasil; e em 2017 realizou o Mestrado em Práticas Artísticas em Artes Visuais – Universidade de Évora / Portugal.

    + informação