• Provar a Terra

    On: 07/17/2017
    In: Concertos, Exposições, OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like

    22 julho – a partir das 16:00

    Centro de Investigação de Cerâmica (Antigos Lavadouros Públicos) e Telheiro da Encosta do Castelo

    Provar-a-Terra-22-junho-2017 216:00 – Oficina Ouvir a Forma (Oficina de construção de instrumentos com barro)

    18:30 – Micro Landscapes – Stories of Alentejo (apresentação do projecto desenvolvido por Cristina Gallizioli (IT))

    19:00 – Apresentação do livro Manual de Iniciação à Cerâmica de Ana João Almeida, uma publicação Oficinas do Convento

    19:30 – Concerto Liz Hogg (EUA)

    20:30 – Mesa Posta – Vamos provar os sabores da Terra, partilhar comidas da avó, sabores da estação, tradições de família…

    PARTICIPAÇÃO LIVRE!

     

    + informação
  • Concerto Liz Hogg (EUA)

    On: 07/17/2017
    In: Concertos
    Views: 0
     Like

    Liz Hogg – Concerto

    22 julho – Telheiro da Encosta do Castelo

    No âmbito do evento PROVAR A TERRA

    Liz

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    A guitarrista e compositora de Brooklyn, NY está neste momento a fazer a sua segunda tour europeia e a Oficinas do Convento vai recebe-la no Telheiro da Encosta do Castelo.

    Conheçam o seu trabalho

    aqui

    aqui

    + informação
  • Quelccaya

    On: 06/30/2017
    In: Cidade Pre0cupada, Concertos
    Views: 0
     Like

    concerto | galeria municipal | 5 julho | 22:00

    DSCF0159Quelccaya é uma performance sonora de Daniel Llermaly, artista sonoro de origem chilena e a viver no Mexico. Nesta performance são combinadas gravações de campo e sintetizadores DIY criando composições em tempo real. Estas gravações foram obtidas no glaciar tropical Quelccaya, o maior glaciar deste tipo no mundo, localizado em Cuzco, Peru. Para registar estes sons foram usados vários dispositivos de gravação, como ditafones, gravadores de cassete ou hidrofones. Os instrumentos usados na performance são osciladores, sintetizadores, filtros e outros processadores construídos num workshop dado por Medialabmx.

    Ao processar este som pretende-se criar paisagens e ambientes que convidam a refletir sobre os efeitos da mudança climática nas comunidades que vivem na zona dos Andes.

    SOUNDCLOUD

    + informação
  • dUAsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS

    On: 06/30/2017
    In: Cidade Pre0cupada, Concertos
    Views: 0
     Like

    concerto | convento de S. Francisco | 7 julho | 22:45

    LOGOFormados em 2007 pelas mesmas mentes doentias que criaram a hiperactiva Associação Terapêutica do Ruído (ATR), entidade siamesa que se dedica à promoção de concertos DIY e à edição e distribuição de discos, os dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS (dSCi) são um colectivo de terapeutas do ruído sediado em Lisboa que tem um cadastro quase tão extenso e intenso como a sua música: dois EPs (“I” em 2008 e “II” em 2009), uma cassete (“SADITREVNiSAIEHCLOcIMEsSAUd“ em 2010), um LP (“4” em 2012), duas split-tapes (“dSCi/Cangarra” em 2013 e “Chains Split Tape Vol. 2” em 2016), dois álbuns ao vivo com o seu projecto paralelo de improvisação electroacústica dOISsEMIcIRCUITOSiNVERTIDOS, participações em várias compilações, inúmeras digressões europeias e centenas de concertos nas mais variadas situações e lugares e com os mais diversos grupos e músicos, isto sem falar de todos os outros projectos a que estão ou estiveram directa e indirectamente ligados ao longo destes 10 anos.

    FACEBOOK BANDCAMP

    + informação
  • Jibóia

    On: 06/30/2017
    In: Cidade Pre0cupada, Concertos
    Views: 0
     Like

    concerto | convento de S. Francisco | 7 julho | 23:30

    Masala_600pxHá muito a brincar com a ideia de cruzamentos, de culturas e inspirações, JIBÓIA nunca procurou disfarçar o lado mais diáspora de Lisboa que se respi-
    ra em cada acorde e cada progressão. “Masala”, no embalo índico de mistura de especiarias, eleva a técnica gastronómica numa viagem a quatro braços e a tantas outras vozes pelas cidades mais aroma- tizadas e tropicais do mundo, em que a dança cultural constraste com o negrume civilizacional. O novo álbum da serpente, adolador de divindades caídas, cruza sabores, in uências, coordenadas geográ- cas e até, em contraste, a orgânica da bateria de Ricardo Martins com toda a maquinaria processada por JIBÓIA.

    A JIBÓIA trocou de pele, mas não largou as escamas: estão garridas, saturadas, mas muito mais negras e pesadas, e são elas que nos guiam pela viagem a cada ingrediente geográ co trazidos para a sua “Masala”. O álbum foi gravado nos Estúdios Sá da Bandeira com produção de Jonathan Saldanha (HHY & the Ma- cumbas, Fujako).

    FACEBOOK

    + informação
  • KrakAntek

    On: 06/30/2017
    In: Cidade Pre0cupada, Concertos
    Views: 0
     Like

    live-set | convento de S. Francisco | 7 julho | 00:30

    10923213_945964245427371_5932141024040290431_n

    Krakantek ou simplesmente Antek toca no famoso festival Burning Man desde há 15 anos.

    “Eu tenho colecionado música a minha vida inteira e não gosto de seguir apenas um género. A música é a maior forma de autoexpressão e é por isso que tento levar as pessoas a uma viagem única, cada vez que toco.”
    Tocou várias vezes no Funky Beach Stage no Boom Festival, bem como em dezenas de outros eventos e festivais undergroung em toda a Europa.
    É conhecido por tocar sets prolongados de 4, 8 ou mesmo 12 horas de seguida para ajudar desta forma a contar uma história através da música.
    “90 minutos nunca é tempo suficiente para se expressar corretamente através da música de dança”, ele unnamedafirma. “Meu objetivo é mostrar ao mundo como alcançar a felicidade através do poder da Música Eletrônica”. Os seus estilos incluem elementos de Funk, Reggae, Chillout, House & Techno entre outros. “A música é o maior presente na Terra e é de fato a língua internacional mais compreendida por todos”.

    Depois do Boom Festival de 2016, Krakantek tem-se mostrado ansioso por voltar a Portugal, e desta vez a Montemor-o-Novo!

    FACEBOOK SOUNDCLOUD

    + informação
  • Galo Cant’as Duas

    On: 06/30/2017
    In: Cidade Pre0cupada, Concertos
    Views: 0
     Like

    concerto | convento de S. Francisco | 8 julho | 22:00

    Promo3_GaloCantasDuasDepois do fenómeno quase inexplicável que abalou o rock nacional a norte do país, com Barcelos a fazer as vezes de Laurel Canyon como incubadora dos mais interessantes projectos psicadélicos nacionais, chegou a vez do interior dar cartas. Galo Cant’às Duas é uma ideia de Gonçalo Alegre e Hugo Cardoso, que são de Viseu – e fazem questão de o dizer.

    “Os Anjos Também Cantam” é o primeiro trabalho discográfico do duo, mas nem por isso terá pouca projecção editorial. Lançado pela Blitz Records e distribuído pela prestigiada Sony Music Entertainment, o álbum vem confirmar as esperanças já depositadas nos Galo Cant’Às Duas pelas performances ao vivo já conhecidas que não deixavam grande margem para dúvidas quanto à inegável ousadia e virtuosismo do duo.

    O carácter improvável e único, quase misterioso, da junção entre os dois músicos se ter dado num encontro artístico isolado da cidade, num local recôndito em Castro Daire, só poderia culminar num som igualmente singular.

    Piscam o olho ao pós-rock e ao space rock. Riffs graves são repetidos até penetrarem nos nós cerebrais e finalmente rebentam em clímaxes com tanto de longamente antecipados como de inesperados e surpreendentes.

    SPOTIFY FACEBOOK

    + informação
  • HYY & the Macumbas

    On: 06/30/2017
    In: Cidade Pre0cupada, Concertos
    Views: 0
     Like

    concerto | convento de S. Francisco | 8 julho | 23:00

    hhy&macumbas_hiresPercussão, sopro, eco, vibração e ressonância, injetados no sangue elétrico que circula pela mesa de mistura. Ensemble de configuração variável, tem vindo a apresentar desde 2009 séries de operações sónicas, juntando os ataques de sopros com a pulsação percussiva, numa máquina elétrica infernal que usa as estratégias do Dub para desvendar o espectro sonoro e os ritmos da selva mental.

    FACEBOOK HHY the Macumbas

    + informação