• Criar Memórias em Terras de Ferro

    On: 09/15/2022
    In: Exposições, Projectos
    Views: 0
     Like

    Percurso expositivo

    Criar Memórias em Terras de Ferro

     

    Inauguração: 24 de Setembro 2022 | 17h30 

    Patente de 24 de Setembro a 23 de Dezembro 2022

    Casa Branca, Santiago do Escoural, Montemor-o-Novo

     

    EXPO_FERRO_cartaz_page-0001“Criar Memórias em terras de ferro” é um percurso expositivo de 24 painéis, distribuídos ao longo da aldeia de Casa Branca, criado a partir de um processo de pesquisa documental, entrevistas à população e recolhas audiovisuais. Patente de 24 de Setembro a 23 de Dezembro de 2022, esta exposição com conteúdos interativos convida a uma expedição por alguns dos elementos histórico-culturais e naturais diferenciadores da freguesia de Santiago do Escoural, ao mesmo tempo que desafia a explorar os nossos sentidos enquanto geradores de memórias na interação com a comunidade e com os lugares que habitam este território.
    Programa:
    17h30 – Percurso expositivo
    18h30 – Saídas de Mestre – Oficinas de Plantas Tintureiras e Herbário de Plantas Comestíveis
    19h30 – Mesa Posta
    ………………………………………………………………………………..
    Esta iniciativa integra o projeto “Encontro em Terras de Ferro”, desenvolvido em parceria com a Marca ADL, que consiste, por um lado, na criação de um roteiro de visitas-oficinas “Saídas de Mestre” e, por outro, na criação deste percurso expositivo. Com a parceria da Junta de Freguesia de Santiago do Escoural e cofinanciamento do Município de Montemor-o-Novo e do Programa Alentejo 2020 / FEDER.
    + informação
  • Apresentação “Opuntia e Terra”

    On: 09/06/2022
    In: Exposições, Residências
    Views: 0
     Like

    Apresentação “Opuntia e Terra” de Teresa Rivera

    30 de Setembro 2022 | 18h

    Telheiro da Encosta do Castelo, Montemor-o-Novo

     

    cartaz-webUm dos artistas vencedores do concurso de Residências Artísticas Tradição><Contemporâneo 2022 – Teresa Rivera – apresenta o seu projecto “Opuntia e Terra”, desenvolvido em residência na Oficinas do Convento.

    O projeto “Opuntia e Terra” surgiu da observação e identificação de dois fatores: o primeiro, a presença da planta Opuntia Ficus indicada em diferentes locais do sul de Portugal; o segundo fator foi a identificação da degradação e má intervenção das construções em taipa (técnica de construção tradicional do baixo Alentejo), principalmente nos rebocos das fachadas, onde a forma de intervir nem sempre é a adequada, como na utilização de cimento e outras pastas industriais em vez das técnicas apropriadas para o seu restauro, neste caso o uso da mesma terra.

    A partir destes dois fatores, surgiu a proposta de criar um mural que torna visível o uso da planta opuntia nos processos de construção com terra. Para a criação do mural, vários tipos de rebocos foram feitos utilizando diferentes tipos de terra, argilas e agregados.

    + informação
  • Rebecca Uliczka na BREVE MENTE

    On: 09/06/2022
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    Rebecca Uliczka na Galeria de Rua BREVE MENTE

    2 de Setembro 2022 | BREVE MENTE

     

    MazapanesEnAgosto_the-disguised-reflection_RebeccaUliczka-

    PT//

    Nascida em Berlim e criada no México, a artista volta à sua cidade nativa para estudar IBA. Pouco depois de terminar o estudo, encontra a sua vocação na Fotografia Fine Art. Rebecca Uliczka abraçou a sua carreira em Barcelona e Madrid e combinou os seus estudos num Mestrado em Arte Contemporânea.

    O seu trabalho é um tributo às histórias que nos envolvem, definem e identificam. Podemos apreciar alguns elementos que são componentes da biografia da autora. Baseia-se em tópicos socio-culturais, socio-políticos e socio-económicos que representaram um choque cultural e mais tarde uma inspiração para serem analisados e estudados através do comportamento contemporâneo, de uma maneira antropológica.

    Uliczka foi selecionada para Festivais de Fotografia internacionais e apresentou o seu trabalho em grupo e a solo maioritariamente na Europa e no México. Publicou dois photobooks da sua série “The Divine Comedy and Mazapanes en Agosto”.

    Encontra-se, neste momento, no México, onde continua a trabalhar e desenvolver os seus projetos.

     

    EN//

    Born in Berlin, raised in Mexico she returns to her native city to study IBA. Shortly after finishing this BA she found her vocation in FineArt Photography. She embraced her career in Barcelona and Madrid and combined these degrees with a MA in Contemporary Art.

    Her work is a tribute to the stories that surround, define and identify us. We can appreciate some elements that are components of the author’s biography. Based on sociocultural, sociopolitical and socioeconomic topics that have represented a cultural shock and later on an inspiration to be analyzed and studied through contemporary behavior in an anthropological manner.

    Uliczka has been selected in international Photofestivals and has presented her work in group and solo exhibitions mainly in Europe and Mexico. She has published two photobooks of her series The Divine Comedy and Mazapanes en Agosto.
    She finds herself based in Mexico right now, where she keeps working and developing new projects.
    www.rebeccauliczka.com

    + informação
  • Por Outro Lado… na BREVE MENTE

    On: 07/18/2022
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    “POR OUTRO LADO…” de Tiago Fróis na Galeria de Rua BREVE MENTE

    18 de Julho 2022 | BREVE MENTE

    por outro ladoPor Outro Lado… reflexos daquilo que os olhos não contam.

    + informação
  • BREVE MENTE – Galeria de rua

    On: 07/18/2022
    In: Exposições, Noticias
    Views: 0
     Like
    -ENGLISH BELOW-
    BREVE MENTE: OPEN CALL
    Galeria de rua –
    ESTAMOS ACEITAR PROPOSTAS!
    Gakeria brevemente open call(1)A proposta surge como consequência de uma espera ao sinal vermelho… momento em que me assalta a vontade de invadir, e convidar a invadir, essas vitrines vazias com ideias, sentimentos, ilusões, poéticas, que transformem essa espera num momento de fuga ao quotidiano através de reflexões provocadas pelo que se encontrar nessa “galeria”. (Tiago Fróis)
    O projecto é iniciativa da Oficinas do Convento, em parceria com o Grupo União Sport de Montemor-o-Novo.
    Sai dos criadores para a Cidade e abre um novo canal de comunicação e reflexão colectiva.
    Espaço de instalação gráfica, com novo formato (1 chapa de ferro 3mx80cm, em cada uma das vitrines)  onde cada criador utiliza enquanto “aparelho de exposição”
    Abrimos assim a participação a todos os criadores que queiram projectar para aqui as suas ideias.
    Aguardamos as vossas propostas para galeriabrevemente@oficinasdoconvento.com
    Este projecto está subsidiado pela boa vontade dos artistas e parceiros.
    Este projecto tem a curadoria de Sérgio Bráz de Almeida

     

     

     

     

     

     

    Para participar:

    – A participação é aberta a toda a população (local, regional, nacional e internacional).

    – A intervenção não deverá exceder os limites das vitrines.

    -A Oficinas do convento responsabiliza-se pela reprodução das imagens em papel fotográfico até a ao formato de 60cm x 600cm a cores ou a P/B. Outros formatos deverão chegar pela  responsabilidade dos autores e prontos a instalar, ou montados pelos próprios nas vitrines.

    – Caso a montagem seja feita pela OC, os trabalhos deverão chegar em formato digital prontos para impressão com uma definição máxima de 300dpi.

    – Deverá ser respeitada a integridade física do equipamento.

    – Cabe à organização avaliar a pertinência das intervenções, selecionando os projetos a expor.

    – Cada proposta estará patente no mínimo uma semana.

    – A organização não se responsabiliza por eventuais danos decorrente dos envios, intempéries e/ou vandalismo.

    – Os trabalhos poderão ser levantados em sede da associação após o período de exposição. Não é responsabilidade da associação o reenvio da obras para os autores.

     

    Deves enviar para o galeriabrevemente@oficinasdoconvento.com

    A) Esquema de montagem da exposição (ter em conta que parte dos espaços serão ocupados pela folha de sala e pela informação sobre a BREVE MENTE. Assim, no vosso esquema devem contemplar esse espaço). Deve conter informação sobre materiais utilizados, numero de obras, dimensões de cada uma das obras, disposição das mesmas pelo espaço de instalação gráfica).

    B) Imagens para impressão com especificação de tamanho e p&b ou cor (caso a impressão fique a cargo das oficinas do convento)
    Ou Fotografias das obras e informações sobre os materiais utilizados na instalação pelo próprio.

    C) Texto de Folha de Sala + biografia do autor  + link para website (esta informação deve estar contida no tamanho de uma folha A4)

     

     

    IMG_8261

     

    Vitrines

     

     

     

    BREVE MENTE: OPEN CALL

    Street Gallery –
    WE ARE OPEN TO NEW PROPOSALS
    Gakeria brevemente open call(1)The proposal arises as a consequence of waiting at a red light … a moment when I feel the urge to invade, and invite to invade, these empty showcases with ideas, feelings, illusions, poetics, that transform this waiting into a moment of escape from everyday life through reflections caused by what is found in this “gallery”. (Tiago Fróis)The project is an initiative of Oficinas Do Convento, in partnership with the União Sport Group of Montemor-o-Novo. It opens a new channel of communication and collective reflection in the city. Graphic installation space, with (1 iron plate 3mx80cm, in each of the showcases) where each designer uses it as an “exhibition device” We thus open the participation to all creators who want to project their ideas here. We await your proposals to galeriabrevemente@oficinasdoconvento.com This project is subsidized by the goodwill of the artists and partners.To participate:- Participation is open to the entire population (local, regional, national and international).

    – The intervention must not exceed the limits of the showcases. -The Oficinas Do Convento is responsible for the reproduction of images on photographic paper up to the 60cm x 600cm color format or B/W. Other formats should arrive under the responsibility of the authors and ready to install, or assembled by themselves in the windows.

    – If the assembly is done by the Oficinas Do Convento, jobs must arrive in digital format ready for printing with a maximum definition of 300dpi.

    – The physical integrity of the equipment must be respected.

    – It is up to the organization to assess the relevance of the interventions, selecting the projects to be exhibited. – Each proposal will be open for at least one week.

    – The organization is not responsible for any damage resulting from shipping, weather, and/or vandalism.

    – The works may be collected at the association’s headquarters after the exhibition period. It is not the association’s responsibility to send the works back to the authors.

     

    Should be sent to galeriabrevemente@oficinasdoconvento.com:

    A) Scheme for the exhibition setup (take into account that part of the spaces will be occupied by the exhibition information sheet and the information about the BREVEMENTE Gallery. Therefore, in your scheme you should include this space). It must contain information on materials used, number of works, dimensions of each work, the layout of the works by the graphic installation space).
    B) Images for printing with size and B&W or color specification (if printing is in charge of the Oficinas do Convento)
    Or Photographs of the works and information about the materials used in the installation by the artist.
    C) Exhibition information sheet Text + author biography + link to website (this information must be contained in the size of an A4 sheet)

     

     

    IMG_8261

     

    Vitrines

     

     

     

    + informação
  • PRE0CUPADA

    site banner

    Pre0cupada 2022

    De 15 a 26 de Junho 2022

    Montemor-o-Novo | Casa Branca

    Depois da última edição da Pre0cupada em 2019, a Oficinas do Convento retoma o seu evento anual multidisciplinar, com o seu conhecido propósito de “ocupar” com propostas artísticas a cidade de Montemor-o-Novo e a aldeia de Casa Branca, entre os dias 15 e 26 de Junho.

    A Oficinas do Convento, em conjunto com outras entidades, pretende convidar o público a passear entre estas duas localidades e a participar nas atividades nas ruas, jardins, praças e pátios que dão palco a este evento.

    A Pre0cupada inaugura-se em Montemor-o-Novo no dia 15 de Junho, onde fica até dia 18 de Junho. Nestes dias o Convento de S. Francisco vai ser palco para teatro e música.

    A partir de dia 19, o evento viaja até Casa Branca, onde atividades como workshops, concertos, exposições, teatro e cinema vão tomar conta da aldeia e prometem proporcionar aos seus visitantes dias de fruição cultural e partilha.

    A entrada é livre em todos as atividades.

    PROGRAMA

    programa-web copy

    MONTEMOR-O-NOVO

    15 de Junho:

    Teatro Noites Curtas | 21h | Convento de S. Francisco

     

    16 de Junho:

    Teatro Noites Curtas | 21h | Convento de S. Francisco

     

    17 de Junho:

    Teatro Noites Curtas | 21h | Convento de S. Francisco

     

    18 de Junho:

    Teatro Noites Curtas | 21h | Convento de S. Francisco

     

    CASA BRANCA

    22 de Junho:

    Sessão Cinema: Documentário “Nena” de Projeto Ruínas | 21h45 | Zona Freixo

     

    23 de Junho:

    Sessão Cinema: Mostra de Filmes Heritales – International Heritage Film Festival | 21h45 | Zona Freixo

     

    24 de Junho:

    Workshop de Fabricação de Vassouras e Vasculhos | 10h30 | Mercado do Escoural

    Worskhop Spatial Sound Perception | 15h | Escola Primária

    Concerto Nzungu | 18h | Escola Primária

    Concerto Indiscreet Music 2 | 19h | Escola Primária

    Performance Abismo | 21h30 | Campismo

    Concerto Acácia Maior | 22h30 | Zona Freixo

    Concerto Tanto Bate Até Que Samba | 23h30 | Zona Freixo

     

    25 de Junho:

    Passeio Silvestre | 10h30 | Ponto de Encontro: Escola Primária

    Workshop de Cianotipia | 10h30 e às 15h | Escola Primária

    Workshop De Cá Para Lá | 11h | Escola Primária

    Escultura Participativa Aventar Gráfico | 15h | Largo da Estação

    Torneio de Malha | 15h | Zona Freixo

    Workshop Passeio Gráfico | 15h | Ponto de Encontro: Escola Primária

    Concerto Chica | 18h30 | Escola Primária

    Concerto BANANANA | 21h30 | Zona Freixo

    Concerto Bandua | 23h | Zona Freixo

    Dj Sims & Cachapa | 00h | Zona Freixo

    Dj set Fidju Ki Txora | 01h | Escola Primária

     

    26 de Junho:

    Workshop A terra faz a paisagem | 15h | Escola Primária

    Escultura Participativa Aventar Gráfico | 15h | Largo da Estação

    Workshop Bonecos de Meia | 15h30 | Escola Primária

    Workshop Circo colorido – actividades circenses e tecido klanza | 16h | Largo da Estação

    Conversas no Fresco – Memórias de Casa Branca | 16h30 | Lavadouros de Casa Branca

    Concerto O Lado de Dentro | 18h | Zona Freixo

    Concerto Grupo Paz e Unidade | 19h | Zona Freixo

     

    EXPOSIÇÕES

    “Linhas de Fuga” de Paulo Morais, Pedro Neto e Ricardo Falcão. | De 23 a 26 Junho | Zona Freixo

    “De Cá Para Lá” de Pó de Vir a Ser e Oficinas do Convento | 23 Junho a 2 Julho | Mercado Escoural | Das 9h às 20h

    “I will stuff myself with tulips” de Inês Ferreira | De 23 a 26 Junho | Zona Freixo e Junto à Escola Primária

    “Casa Branca: Da Estação Ferroviária à Aldeia das Artes”  do Departamento de Arquitetura da Universidade de Évora | De 23 a 26 Junho | Zona Freixo

    “Silvestre” de Bruno Caracol | De 23 a 26 Junho | Zona Freixo

    + informação
  • Vermelho Azul na BREVE MENTE

    On: 05/09/2022
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    “Vermelho Azul” de Pedro Sequeira na Galeria de Rua BREVE MENTE

    20 Maio 2022 | BREVE MENTE

    5-webVermelho Azul versa sobre a antiga zona de exploração mineira da vila de São Domingos, na região do baixo Alentejo, tendo sido apresentada como projecto final de mestrado de Arquitectura na Universidade de Lisboa.

    Após o encerramento da actividade mineira na zona de São Domingos, todas as feridas que a indústria marcou no território tornaram-se ainda mais evidentes, uma vez que já nenhum proveito as justificava. Parte da população saiu, e as águas ácidas continuam a correr sobre uma paisagem bela e terrível, até desaguar na ribeira do Guadiana.

    Este trabalho procurou contribuir para a revitalização tanto das formas de vida locais, como da envolvente ambiental. De que forma pode uma antiga zona mineira, abandonada e degradada, promover o contacto entre pólos urbanos distintos e revitalizar uma comunidade em decadência?

     

    Bio:

    Pedro Sequeira (Lisboa, 1993) é formado em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa e pela Taskisla da Universidade Técnica de Istambul. Vive e trabalha em Montemor-o-Novo, tendo colaborado com ateliers de arquitectura e ONGs locais. Interessa-se sobretudo por formas mais responsáveis de pensar e construir, o que o aproxima de materiais e técnicas de menor impacto ambiental, como a terra e as fibras, e da arquitectura vernacular de cada sítio. Divide a sua actividade profissional entre o projecto e a própria construção, tendo vindo a pesquisar o saber fazer de arcos, abóbadas e esgrafitos.

    + informação
  • Conversas à Volta do Centro

    On: 02/24/2022
    In: Conversas, Exposições
    Views: 0
     Like

    Conversas à Volta do Centro II – Centro Mutável

    17 de Março 2022

    Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa

     

    Cartaz_conversas_page-0001O projecto Centro Mutável, apresenta-se em Março de 2022, com a segunda parte das CONVERSAS À VOLTA DO CENTRO e a instalação NÃO É NADA É ISTO TUDO, do colectivo Guarda Rios; o concerto-instalação MEDUSA, de Ricardo Jacinto e a exposição CENTRO MUTÁVEL.
    As Conversas à Volta do Centro acontecem no dia 17 de Março, no Museu Nacional de Arte Contemporânea, com os artistas do projecto e oradores convidados, para cruzar as propostas artísticas, com os questionamentos conceptuais levantados durante os workshops – da dimensão virtual e física, da relação com a natureza e a água, ou do corpo e dos objectos.
    Programa:
    14h30 Guarda Rios + Ana Catarina Miranda (MNAC)
    15h30 Ana Cardoso + Margarida Carvalho (MNAC)
    16h30 Belén Uriel + Maša Tomši? (MNAC)
    17h45 Concerto-instalação Medusa de Ricardo Jacinto (Cisterna FBAUL)
    18h30 Exposição Centro Mutável (Galeria FBAUL)
    A exposição Centro Mutável será visitável entre os dias 10 e 31 de Março, das 10h às 18h, na Galeria da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa
    A instalação NÃO É NADA É ISTO TUDO, mostra-se no Jardim das Esculturas do Museu Nacional do Chiado, no mesmo horário.
    A entrada é livre e aberta a tod@s
    ____________________________________________
    Os curadores do projeto são os artistas e investigadores João Rolaça e Margarida Alves, doutorandos em Escultura da Faculdade de Belas-Artes e membros VICARTE e CIEBA.
    Um Co-Produção Oficinas do Convento e Vicarte, com o apoio da Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa e Câmara Municipal de Montemor-o-Novo
    mais informações www.centromutavel.com

     

     

    + informação