• PRE0CUPADA

    site banner

    Pre0cupada 2022

    De 15 a 26 de Junho 2022

    Montemor-o-Novo | Casa Branca

    Depois da última edição da Pre0cupada em 2019, a Oficinas do Convento retoma o seu evento anual multidisciplinar, com o seu conhecido propósito de “ocupar” com propostas artísticas a cidade de Montemor-o-Novo e a aldeia de Casa Branca, entre os dias 15 e 26 de Junho.

    A Oficinas do Convento, em conjunto com outras entidades, pretende convidar o público a passear entre estas duas localidades e a participar nas atividades nas ruas, jardins, praças e pátios que dão palco a este evento.

    A Pre0cupada inaugura-se em Montemor-o-Novo no dia 15 de Junho, onde fica até dia 18 de Junho. Nestes dias o Convento de S. Francisco vai ser palco para teatro e música.

    A partir de dia 19, o evento viaja até Casa Branca, onde atividades como workshops, concertos, exposições, teatro e cinema vão tomar conta da aldeia e prometem proporcionar aos seus visitantes dias de fruição cultural e partilha.

    A entrada é livre em todos as atividades.

    Programa (em actualização)

    Montemor-o-Novo

    15 de Junho:

    Teatro Noites Curtas

     

    16 de Junho:

    Teatro Noites Curtas

     

    17 de Junho:

    Teatro Noites Curtas

     

    18 de Junho:

    Teatro Noites Curtas

    Concerto O Arranca Santos

     

    Casa Branca

    22 de Junho:

    Sessão Cinema: Projeto Ruínas

     

    23 de Junho:

    Sessão Cinema: Mostra de Filmes Heritales – International Heritage Film Festival

     

    24 de Junho:

    Workshop de Fabricação de Vassouras e Vasculhos

    Worskhop Spatial Sound Perception

    Concerto Nzungu

    Concerto Indiscreet Music 2

    Performance Abismo

    Concerto Acácia Maior

    Concerto Tanto Bate Até Que Samba

     

    25 de Junho:

    Passeio Silvestre

    Workshop de Cianotipia

    Escultura Participativa Aventar Gráfico

    Torneio de Malha

    Workshop Passeio Gráfico

    Concerto Chica

    Concerto BANANANA

    Concerto Bandua

    Dj Sims & Cachapa

    Dj set Fidju Ki Txora

     

    26 de Junho:

    Workshop A terra faz a paisagem

    Escultura Participativa Aventar Gráfico

    Workshop Bonecos de Meia

    Concerto O Lado de Dentro

    Concerto Grupo Paz e Unidade

     

    EXPOSIÇÕES

    “Linhas de Fuga” de Paulo Morais, Pedro Neto e Ricardo Falcão.

    “De Cá Para Lá” de Pó de Vir a Ser e Oficinas do Convento

    “Tv Pre0cupada” de Oficinas do Convento

    “I will stuff myself with tulips” de Inês Ferreira

    “Casa Branca: Da Estação Ferroviária à Aldeia das Artes”  do Departamento de Arquitetura da Universidade de Évora

    “Silvestre” de Bruno Caracol

    + informação
  • Vermelho Azul na BREVE MENTE

    On: 05/09/2022
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    “Vermelho Azul” de Pedro Sequeira na Galeria de Rua BREVE MENTE

    20 Maio 2022 | BREVE MENTE

    5-webVermelho Azul versa sobre a antiga zona de exploração mineira da vila de São Domingos, na região do baixo Alentejo, tendo sido apresentada como projecto final de mestrado de Arquitectura na Universidade de Lisboa.

    Após o encerramento da actividade mineira na zona de São Domingos, todas as feridas que a indústria marcou no território tornaram-se ainda mais evidentes, uma vez que já nenhum proveito as justificava. Parte da população saiu, e as águas ácidas continuam a correr sobre uma paisagem bela e terrível, até desaguar na ribeira do Guadiana.

    Este trabalho procurou contribuir para a revitalização tanto das formas de vida locais, como da envolvente ambiental. De que forma pode uma antiga zona mineira, abandonada e degradada, promover o contacto entre pólos urbanos distintos e revitalizar uma comunidade em decadência?

     

    Bio:

    Pedro Sequeira (Lisboa, 1993) é formado em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa e pela Taskisla da Universidade Técnica de Istambul. Vive e trabalha em Montemor-o-Novo, tendo colaborado com ateliers de arquitectura e ONGs locais. Interessa-se sobretudo por formas mais responsáveis de pensar e construir, o que o aproxima de materiais e técnicas de menor impacto ambiental, como a terra e as fibras, e da arquitectura vernacular de cada sítio. Divide a sua actividade profissional entre o projecto e a própria construção, tendo vindo a pesquisar o saber fazer de arcos, abóbadas e esgrafitos.

    + informação
  • Conversas à Volta do Centro

    On: 02/24/2022
    In: Conversas, Exposições
    Views: 0
     Like

    Conversas à Volta do Centro II – Centro Mutável

    17 de Março 2022

    Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa

     

    Cartaz_conversas_page-0001O projecto Centro Mutável, apresenta-se em Março de 2022, com a segunda parte das CONVERSAS À VOLTA DO CENTRO e a instalação NÃO É NADA É ISTO TUDO, do colectivo Guarda Rios; o concerto-instalação MEDUSA, de Ricardo Jacinto e a exposição CENTRO MUTÁVEL.
    As Conversas à Volta do Centro acontecem no dia 17 de Março, no Museu Nacional de Arte Contemporânea, com os artistas do projecto e oradores convidados, para cruzar as propostas artísticas, com os questionamentos conceptuais levantados durante os workshops – da dimensão virtual e física, da relação com a natureza e a água, ou do corpo e dos objectos.
    Programa:
    14h30 Guarda Rios + Ana Catarina Miranda (MNAC)
    15h30 Ana Cardoso + Margarida Carvalho (MNAC)
    16h30 Belén Uriel + Maša Tomši? (MNAC)
    17h45 Concerto-instalação Medusa de Ricardo Jacinto (Cisterna FBAUL)
    18h30 Exposição Centro Mutável (Galeria FBAUL)
    A exposição Centro Mutável será visitável entre os dias 10 e 31 de Março, das 10h às 18h, na Galeria da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa
    A instalação NÃO É NADA É ISTO TUDO, mostra-se no Jardim das Esculturas do Museu Nacional do Chiado, no mesmo horário.
    A entrada é livre e aberta a tod@s
    ____________________________________________
    Os curadores do projeto são os artistas e investigadores João Rolaça e Margarida Alves, doutorandos em Escultura da Faculdade de Belas-Artes e membros VICARTE e CIEBA.
    Um Co-Produção Oficinas do Convento e Vicarte, com o apoio da Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa e Câmara Municipal de Montemor-o-Novo
    mais informações www.centromutavel.com

     

     

    + informação
  • Verde Bairro | Ação “OCUPAR”

    On: 02/04/2022
    In: Exposições, Projectos, Residências
    Views: 0
     Like

    Projeto Verde Bairro | Ação “OCUPAR” de Nuno Vasconcelos

    12 de Fevereiro | 15h
    Igreja de S. Vicente, Montemor-o-Novo
    PROGRAMA:
    15h – Apresentação da Escultura “OCUPAR” – Nuno Vasconcelos (Oficinas do Convento);
    O que é um hotel para insectos – Lúcia Pereira (MARCA ADL)
    15h30 – Construção de mini jardins autóctones e comestíveis – para residentes no centro histórico
    16h45 – Lanche partilhado
    17h30 – Despedida

    CARTAZ-ocupar“OCUPAR” de Nuno Vasconcelos:

    Surge na sequência da Residência Artística Tijolo, promovida pela Associação Oficinas do Convento em Montemor-o-Novo, 2021.
    Parte da análise e recolha de movimentos de terra e RCDs (Resíduos de Construção e Demolição), a acontecer àquela data na região, com a intenção de transforma-los em materiais para construção em Terra Crua (taipa, BTCs, rebocos). Assim, procura contribuir para a discussão de um modelo de desenvolvimento circular com base na (re)organização da logística já existente em torno da gestão de resíduos de demolição e de escavações, sugerindo uma possível resposta à crescente procura de material para este tipo de construção (Terra Crua).

    Deste processo e materiais, resulta a construção de uma estrutura/escultura para insectos, ocupando e reorganizando um espaço abandonado da cidade, com o objectivo de promover o encontro entre os moradores do bairro e criar novas sinergias de vizinhança.
    Esta ocupação foi feita como complemento ao projecto “Verde Bairro” promovido pela Associação de desenvolvimento local – MARCA, sublinhando a importância da preservação da biodiversidade em contexto de cidade, como metáfora para a importância da diversidade humana na manutenção e construção da sua identidade e espírito de comunidade.

     

     

    CARTAZ_12FEV (2)_compressed_page-0001VERDE BAIRRO

    Iniciativa de Sensibilização ambiental e dinamização social do centro histórico de Montemor-o-Novo.
    A rua, o bairro e as relações de vizinhança são o ponto de partida para refletir sobre a importância do espaço público e dos espaços verdes em meio urbano tanto para a saúde e bem-estar da população, como para a qualidade ambiental das cidades.
    O local, onde decorrem as iniciativas deste projeto, corresponde à área a partir da qual se ergueu a cidade – a encosta norte do castelo de Montemor-o-Novo, o ex-libris da cidade, também conhecida como “arrabalde”. A ideia deste projeto é envolver a comunidade, os moradores e entidades desta zona da cidade, incluindo o comércio local, e conhecer algumas das histórias e tradições escondidas nas antigas ruas e pracetas. A intervenção direta no espaço público, o voluntariado, a partilha de saberes, a participação num ciclo de workshops criativos e a colocação de mini jardins autóctones são algumas das iniciativas propostas.
    + informação
  • Two ways to freedom na BREVE MENTE

    On: 12/16/2021
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    “Two ways to freedom” de Delta N.A. na Galeria de Rua BREVE MENTE

    22 de Dezembro 2021 | BREVE MENTE

    The romantic loss of freedomOs artistas Delta N.A. apresentam duas séries diferentes de pinturas a óleo que descrevem duas maneiras diferentes de alcançar a liberdade: uma é viajar pelo mundo e abrir a mente, a outra é seguir o caminho de instrospeção de forma a enriquecer o reconhecimento próprio; mas as duas têm algo em comum: revelar que a vida é uma viagem sem fôlego.

     

    Os artistas: Enquanto casal na arte e na vida,  Delta N.A. trabalham juntos em cada projeto artístico, criando uma linguagem comum que fala pelo coração. A sua viagem emocional nas cores suaves e encantadas dá  vida a sonhos intemporais da vida, uma chave única para a harmonia eterna.

    A sua arte está presente em várias coleções públicas e privadas e tem sido exibida a solo e em grupo em Galerias e Museus na Europa, Estados Unidos da América e Ásia.

     

     

    liberate gli alberiWebsite: www.dnartists.com

    Instagram: delta_na

     

    “Two ways to freedom” de Delta N.A. na Galeria de Rua BREVE MENTE, na MOVE Magazine (IT)

    “Two ways to freedom” de Delta N.A. na Galeria de Rua BREVE MENTE, na Palazzi a Venezia Art Magazine (Paris, França)

    + informação
  • Ana Almeida Pinto na BREVE MENTE

    On: 11/23/2021
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    Ana Almeida Pinto da Galeria de Rua BREVE MENTE

    25 de Outubro 2021 | Galeria BREVE MENTE

    image0(4)“Agora que o âmago se encontra exposto, a palavra espalhou-se como vento pelos seus súbditos; a Raínha e a sua corte mantiveram a beleza, mesmo depois de mortas.”

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    image1(1) + informação
  • Casa Paisagem na BREVE MENTE

    On: 11/23/2021
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    “Casa Paisagem” de Cristina Gallizioli e Marco Ferrari na Galeria de Rua BREVE MENTE

    10 de Setembro 2021 | Galeria BREVE MENTE

     

    Projeto itinerante de habitação no aberto, para ler a paisagem como um espaço doméstico. Cristina Gallizioli e Marco Ferrari vão viver em sítios públicos da paisagem de Montemor, instalando mobília e usando estes sítios como casas sem paredes. A Galeria Brevemente vai funcionar como ligação do projeto a cidade, com a possibilidade de entrar em contacto com os artistas e arranjar visitas da casa.

    casa1 casa2 casa3

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    + informação
  • Kateryna Repa na BREVE MENTE

    On: 11/23/2021
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    Kateryna Repa na Galeria de Rua BREVE MENTE

    1 de Setembro 2021 | Galeria BREVE MENTE

     

    image0(3)Kateryna Repa (1979, Odessa, Ucrânia) estudou na Universidade Hydrometereological, Odessa. Vive em Odessa.
    Trabalha com pintura, gráficos, media art, escultura, objectos de arte e fotografia.
    Kateryna Repa_ 2 ,Gorilla, 100x50 cm, acrylic on canvas 2018

     

    + informação