• Inauguração de Exposições ‘Da Terra e do Ar’ – Célia Barros e João Valente

    On: 07/13/2010
    In: Exposições, Residências
    Views: 0
     Like

    Este sábado, dia 17 de Julho, inauguram as exposições de Célia Barros e João Valente, resultado dos projectos desenvolvidos em Residência Artística na Oficinas do Convento. A partir da intemporalidade, os artistas sugerem diferentes disciplinas para cruzar a tradição com a contemporaneidade. Marcamos encontro no Convento de S. Francisco, às 18H00, para seguir um circuito até ao Mercado Municipal.

    cartaz-residencias-expo-julho-2010

    + informação
  • Inauguração da Exposição Colectiva ‘Pre0cupação’

    On: 06/22/2010
    In: Exposições
    Views: 0
     Like
    No dia 26 será inaugurada a exposição colectiva ‘PreOcupação’, no âmbito do evento multidisciplinar ‘Cidade PreOcupada’, a realizar nos próximos dias 2, 3 e 4 de Julho. A exposição ficará patente até ao dia 4 de Julho e conta com a participação de Catarina Caetano, Ricardo Mata, Sofia Borges, Sardinha em Lata, Tiago Fróis, Adriana Castro, João Gargaté, Ana Sêrro, Vasco Costa, Virgílio Ferreira, João Bastos, Nuno Lemos, Miguel Rocha, Peter Bastian Zin, Paula Serrano e Susana Marques.

    Para a noite, sugerimos o concerto de ‘Errar é Humano’, pelas 23H00 no Musicafé. ‘Errar é Humano’ nasceu inicialmente como um projecto de improviso com bateria, baixo e voz. Constitui-se hoje como uma banda de som alternativo desde Rock a Jazz. Criam agora novos ambientes com Bateria, Baixo, Voz, Trompete & Saxofone, mantendo o improviso e experimentalismo como uma marca importante do seu percurso.

    Para mais informações: http://cidadepreocupada.oficinasdoconvento.com/

    + informação
  • Exposição “Uncanny Places” de Virgílio Ferreira

    On: 04/09/2010
    In: Exposições, Residências
    Views: 0
     Like

    Trabalho desenvolvido em contexto de Residência Artística na Oficinas do Convento.

    Galeria de Retratos a preto e branco, de membros da comunidade cultural de Montemor-o-Novo.

    Imagens a cores enquadradas no projecto “Uncanny Places”, realizadas na região circundante.

    Virgílio tem vindo a desenvolver o projecto “Uncanny Places” desde 2007 em algumas cidades na Europa, Estados Unidos, China e Rússia.

    + informação
  • Lançamento de “Um Sítio no Rio”

    On: 03/17/2010
    In: Concertos, Exposições, Projectos
    Views: 0
     Like

    Nos últimos anos, a Oficinas do Convento tem vindo a reforçar o seu campo de acção junto do Rio Almansor, empenhando-se na sua revalorização e relação com a cidade. Para tal tem feito esforços para estreitar a ponte que liga a Ciência à Arte, o que tem sido traduzido por projectos como “Projecto RIO”, “A Escola e o Rio” e “Ananil”, actividades que expressam a nossa preocupação de revalorização ambiental e projecção cultural da área do Rio Almansor. A criação de um website surge no sentido de criar um local de informação, reflexão e discussão, despertando consciências para questões de preservação da Natureza e levando as pessoas ao Rio, apresentando-o sob uma nova perspectiva. O website “Um Sítio no Rio” propõe assim um ponto de encontro entre a arte contemporânea e as ciências, exactas e humanas, sustentado por conteúdos de diversos formatos – sonoplástico, fotográfico, videográfico, entre outros -, aberto a contribuições pertinentes que surjam da parte dos mais diversos agentes da cidade de Montemor-o-Novo.

    A noite continuará com um concerto de Draska, uma proposta portuguesa de afro-beat acústico que podem visitar aqui.

    + informação
  • ESCULTURAS LEVES

    On: 10/14/2009
    In: Exposições
    Views: 0
     Like

    Convento de S. Francisco
    Montemor-o-Novo
    De 7 a 28 de Novembro
    Exposição Colectiva de Escultura

    Catherine Henk, Cristina Ataíde, Graça Pereira Coutinho, Sara Antónia Matos, Sérgio Vicente, Tiago Fróis e Virgínia Fróis.
    Durante o Verão de 2008, no mês de Julho entre os dias 14 e 18 decorreu no Moinho do Ananil em Montemor-o-Novo uma acção que juntou artistas plásticos e mestres cesteiros com o intuito da criação de esculturas.

    A matéria vegetal como processo de desenvolvimento dos conceitos de peso e leveza.
    No mês de Setembro de 2009 convidaram-se dois novos artistas para fazerem o contraponto com outras matérias, a fotografia e o ferro. No Outono de 2009 cada um procurou um lugar nos espaços do Convento para aí instalar as suas peças. A exposição evoca o rio, o local da experiência e a redescoberta de novos sentidos. Num destes espaços apresenta-se um documento em vídeo que refere o processo da Oficina experimental Esculturas Leves.

    Cartaz Esculturas Leves + informação