• Outro Corpo

    On: 11/18/2020
    In: Oficinas
    Views: 0
     Like

    Outro Corpo – Workshop de Dança Butoh

    28 e 29 Novembro 2020 | 10h-17:30h

    Oficinas do Convento, Montemor-o-Novo

    cartaz_2020_oficinasQue tipo de Monstro me habita o lado esquerdo do peito?
    Que idade tem a árvore que me atravessa o ombro?
    Eu sou um planeta inteiro?
    Quais as paisagens do meu corpo e quem o habita?

    Este workshop explora alguns elementos de dança Butoh incluindo: metamorfose, dança através de imagens e presença.
    Através de Exercícios de respiração e consciência corporal, vamos adicionar texturas ao corpo, excitar os sentidos, despertar o movimento natural, confrontar o desconhecido e descobrir um outro corpo.
    O objectivo é libertar o corpo do movimento pré concebido, de modo a aceder a uma essência autêntica de movimento.

    “My dance is far removed from conventions and techniques, it is the unveiling of the inner life.” Tatsumi Hijikata

    Lembramos aos participantes que o distanciamento social deverá ser cumprido dentro e fora do estúdio, bem como o uso de máscara e a desinfecção das mãos serão obrigatórios.

    Mais informações e inscrições para: oc@oficinasdoconvento.com

    Cláudio Vidal (PT) /// Criador, encenador, intérprete, bailarino de butoh, licenciado em Design e Comunicação pela EUAC,(2010). Frequentou o curso ArtHumanNature na Nordic School of Butoh, leccionado por Anita Saij (2011).
    É co-fundador e membro da companhia de teatro DEMO (2010), desde então, até actualidade tem dirigido e interpretados projectos artísticos desenvolvidos pela DEMO salientando a sua participação como: co-director e performer no projecto de investigação artística Russian Roulette(2011), no Centre for Contemporary Art Ujazdowski Castle (Varsóvia); co-encenador e intérprete no Fios de Terra (2012) , integrado na Capital Europeia da Cultura – Guimarães 2012 ); co-encenador e intérprete no HYDRA & ORPHEU(2015), co-produzido com o Jazz Ao Centro Clube, financiado pela Reitoria da UC e apoiado pela DRCN, apresentado no Festival Literário A Rota das Letras Macau; participou no Colóquio Internacional Conceitos e Dispositivos de Criação em Artes Performativas com a lecture-performance DISPOSITIVO EXPERIMENTAL, MULTIDISCIPLINAR E ORGÂNICO, organizado pelo CEIS20 da UC, Centro de Dramaturgia Contemporânea e TAGV; co-encenador e intérprete no HIATUS(2017) com o apoio do TAGV, CCVF, gnration; co-encenador e intérprete no ARMADILHA(2019) em co-produção com o CCVF/Centro Cultural Vila Flor com estreia no FITEI/Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica 2019.
    + informação
  • Oficina A Torre

    On: 11/16/2020
    In: Oficinas
    Views: 0
     Like

    Oficina de arquitectura A Torre

    De 21 a 23 de Dezembro 2020 | Das 9h30 às 12h e das 14h30 às 17h

    Oficina da Criança, Montemor-o-Novo

    131120_cartazTORRE11Se Eu fosse uma torre como seria? E se Nós fossemos uma torre?
    Esta actividade pretende brincar com o indivíduo e com o colectivo; com o espaço, a matéria e o ser; com a imaginação e a acção.
    Através de jogos vamos reflectir sobre os lugares, os materiais e texturas; sobre nós e sobre o outro; sobre a arquitectura e como pode a mesma servir ao ser humano, enquanto o representa.
    Com o barro, vamos exprimir-nos e trazer um pouco de quem somos para uma representação material.
    Em conjunto, criaremos A NOSSA TORRE com mini tijolos do Telheiro da Encosta do Castelo, abordando técnicas de construção tradicional sem deixar de fora a nossa marca pessoal, enquanto celebramos o nosso processo colaborativo.
    Sessão 1 – 21 Dez. (segunda – manhã)
    Sessão 2 – 21 Dez. ( segunda – tarde)
    Sessão 3 – 22 Dez. (terça – manhã)
    Sessão 4 – 22 Dez. (terça – tarde)
    Sessão 5 – 23 Dez. (quarta – manhã)
    Sessão 6 -23 Dez. (quarta – tarde)
    Inscrições são na Oficina da Criança ou no email ocrianca@cm-montemornovo.pt ou telefone 266898114
    Joana Trindade desenvolve o seu percurso com a premissa de que a prática arquitectónica é indissociável das suas responsabilidades social e ecológica e portanto, traduz discurso(s) políticos em espaço e matéria. Tem dedicado o seu tempo à investigação-acção em torno da procura do “comum” inerente à co-criação do espaço construído, perscrutando metodologias participativas numa lógica de “desenvolvimento como liberdade”Mariana Stoffel vive em Montemor-o-Novo desde 2015. Aqui tem vindo a colaborar com a Oficinas do Convento em diversa s áreas. Desenvolve diferentes projectos ligados às artes, tais como a música, a cerâmica, fotografia e o teatro. Desde 2017 que colabora com Projecto Novas Descobertas na área da animação, como monitora de campos de férias. Acredita que se pode ensinar através de brincadeiras e de jogos e que nunca se é adulto de mais nem para aprender, nem para brincar.

     

    + informação
  • Oficina de Iniciação à Dança

    On: 10/02/2020
    In: Oficinas
    Views: 0
     Like

    Oficina de Iniciação à Dança

    Dança Contemporânea – 6 e 7 de Outubro 2020

    Flamenco – 8 e 9 de Outubro 2020

    18h-20h

    Centro Juvenil, Montemor-o-Novo

    oficina-dancaDança Contemporânea

    Esta oficina é um momento de encontro com o próprio corpo, uma investigação dentro da pele de quem viaja a lugares, por vezes, abandonados.

    É uma busca sensorial que exprime pela carne e voz, sem pretensões  de chegar a metas, mas sim de caminhas pelas sensações e bloqueios de cada corpo. Através de ferramentas como a dança contemporânea e o teatro físico, o yoga e o Aikido, desenvolve-se a experiência de cada um.

    A sessão começa com o um aquecimento e com um primeiro contacto, seguindo-se de elementos de respiração, relaxamento e tensão, movimento autêntico, exercícios vocais e de ritmo e elemento de improvisação.

    Esta oficina está aberta para todas as pessoas com ou sem experiência nas artes cénicas.

     

    Formadora: Valentina de Simone (Intérprete e Bailarina de dança contemporânea)

    Valentina nasceu em Milão, Itália, na primavera de 1991. Com 7 anos começa a estudar dança e em 2010 é aceite no Professional Training Program da DanceHaus em Milão, graduando-se em dança contemporânea em 2013. Continua a estudar teatro físico no Teatro della Contraddizione até 2015 e artes performáticas com a Cía Instabili Vaganti até 2016. Participa na criação de peças de dança-teatro com o colectivo Moine Teatrali e Teatro Della Contraddizione até 2015 e Loba Teatro até 2017. Muda-de para Sevilla, onde continua a estudar Aikido, Flamenco, Dança Contact-Improvisación, Clown e Yoga. Colabora com diferentes performers locais em obras como “Soror” ou “Cuentos de Azotea” enquanto segue a sua busca pessoal sobre o corpo e as suas artes performativas.

    Flamenco

    A oficina, de forma geral, examina os principais movimentos de braços e pernas, o compasso, as palmas e o tacão. Também pretende rever os diferentes tacos ou ritmos de uma maneira geral, e possivelmente realizar uma coreografia que englobe a prática e a técnica seguindo o compasso do tango. O tango que é proveniente de diferentes fontes, lugares ou cantores da Andaluzia, como tantos de Triana de Extremadura, de Málaga, da Repompa, de Granada, é um compasso binário e na dança, de acordo com o cante, segue certos códigos de comunicação, os remates, chamadas e marcações conformam o diálogo entre a dança e o cante.

    Para fazer isto, primeiro necessitamos de ter alguns fragmentos coreográficos com os quais trabalhar. Na dança flamenca, um dos métodos mais comuns para gerar esse primeiro conteúdo coreográfico é a prática de improvisação sobre uma canção, neste caso o tango, ou ritmo específico e logo repetir-se, para depois de várias repetições utilizá-lo e expo-lo da melhor maneira explorando todas as capacidades próprias e o solitário.

    Formadora: Paulina Fornes (Intérprete e Bailarina de Flamenco)

    Chilena e intérprete de dança flamenca. Vive em Sevilla desde 2014 e estuda este ofício desde 2005. Em Sevilhha estudou durante seis anos com importantes “bailaores” Andrés Marín, Patricia Guerrero, Ana Morales, Juan Polvillo, La Moneta, El Junco, David Pérez, Paula Cómitre, El Oruco, Tamara López, Juana Amaya, Soraya Clavijo, Rafael del Carmen, El Barullo e muitos mais.

    Realizou actuações interpretando cantes “jondos” no formato de “Flamenco Tradicional” assim como também participou e dirigiu outras performances artísticas utilizando a dança flamenca como ferramenta en vários recintos de Sevilla e na Europa. Realizou três instalações “Flamenco Clown”, “Pacífico” e “Marta U”. Tem sido incentivada por Andrés Marín, que a convidou a inovar e a fazer com que o “flamenco evolua”. Neste sentido, ela decidiu investigar as suas raízes sul-americanas e outros temas que lhe interessam utilizando o compasso dos seus tacões, a sua corporalidade assim como o seu conhecimento sobre as danças folclóricas chilenas, afro-peruanas, colombianas e cubanas como ferramenta de expressão. Ao saber que a sua criação cénica seria o seu caminho até há um ano, tem a sua própria companhia “En-granaje” onde convida artistas de várias áreas a encontrar-se e a dialogat para criar novas peças.

    Actividade com lotação limitada até 6 pessoas.

    Público-Alvo: maiores de 14 anos.

    Inscrições: 20€ (inclui os dois módulos)

    Inscrições e mais informações: oc@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Oficina UM COPO PARA MIM – Nova data

    On: 10/02/2020
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like
    oficinacopo2 copy []

     

     

    Oficina UM COPO PARA MIM – Nova data

    CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CERÂMICA OCT / MONTEMOR-O-NOVO

     

    Roda de Oleiro e Moldes de Gesso: 17 e 18 de Outubro

    Vamos aprender a fazer loiça utilitária a partir dos dois métodos mais utilizados: roda de oleiro e moldes de gesso.

    Vamos também aprender a fazer moldes de gesso.

     

    Decoração e Vidragem: 1 de Novembro

    Decoração e vidragem das peças realizadas.

     

     

    FORMADORES

    Equipa OCT

     

    PÚBLICO-ALVO

    Público em geral, curiosos, ceramistas.

     

    INSCRIÇÕES

    110 €

    (10% desconto para sócios, estudantes e desempregados)

    Inclui os 3 dias, materiais e cozeduras

    Não inclui alojamento

    Não inclui almoço / Existe cozinha no atelier

     

    MAIS INFORMAÇÕES

    www.oficinasdoconvento.com

    telheiro@oficinasdoconvento.com

    +351 266 887 149

     

    PROGRAMA

    17 de Outubro, Sábado

    10h – Apresentação e organização de dois grupos de trabalho.

    10h30 – Introdução às técnicas de roda de oleiro e enchimento de moldes de gesso.

    11h – Início dos trabalhos: Roda de oleiro (grupo 1) e enchimento de moldes com porcelana e faiança (grupo 2).

    13h – Intervalo para almoço.

    15h – Continuação dos trabalhos: Roda de oleiro (grupo 2) e enchimento de moldes com porcelana e faiança (grupo 1).

    18h – Descanso.

     

    18 de Outubro, Domingo

    10h – Noções gerais sobre acabamentos das peças (fundos e asas), pintura com engobes, esgrafitado e carimbos.

    10h30 – Roda de oleiro (grupo 2) e construção de um molde de gesso de um copo (grupo 1). Conclusão dos trabalhos.

    13h – Intervalo para almoço.

    15h – Continuação dos trabalhos: Roda de oleiro (grupo 1) e construção de um molde de gesso de um copo (grupo 2). Conclusão dos trabalhos.

    18h – Fim dos trabalhos.

     

    1 de Novembro, Domingo

    10h – Introdução às diferentes técnicas de vidragem e decoração. Minas cerâmicas e Majólica. Início dos trabalhos.

    13h – Intervalo para almoço.

    15h – Continuação dos trabalhos.

    18h – Fim da oficina.

    + informação
  • Oficina UM COPO PARA MIM

    On: 07/23/2020
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like
    loica (Custom)

     

     

    Oficina UM COPO PARA MIM

    CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CERÂMICA OCT / MONTEMOR-O-NOVO

     

    Roda de Oleiro e Moldes de Gesso: 10 e 11 de Outubro

    Vamos aprender a fazer loiça utilitária a partir dos dois métodos mais utilizados: roda de oleiro e moldes de gesso.

    Vamos também aprender a fazer moldes de gesso.

     

    Decoração e Vidragem: 25 de Outubro

    Decoração e vidragem das peças realizadas.

     

     

    FORMADORES

    Equipa OCT

     

    PÚBLICO-ALVO

    Público em geral, curiosos, ceramistas.

     

    INSCRIÇÕES

    110 €

    (10% desconto para sócios, estudantes e desempregados)

    Inclui os 3 dias, materiais e cozeduras

    Não inclui alojamento

    Não inclui almoço / Existe cozinha no atelier

     

    MAIS INFORMAÇÕES

    www.oficinasdoconvento.com

    telheiro@oficinasdoconvento.com

    +351 266 887 149

     

    PROGRAMA

    10 de Outubro, Sábado

    10h – Apresentação e organização de dois grupos de trabalho.

    10h30 – Introdução às técnicas de roda de oleiro e enchimento de moldes de gesso.

    11h – Início dos trabalhos: Roda de oleiro (grupo 1) e enchimento de moldes com porcelana e faiança (grupo 2).

    13h – Intervalo para almoço.

    15h – Continuação dos trabalhos: Roda de oleiro (grupo 2) e enchimento de moldes com porcelana e faiança (grupo 1).

    18h – Descanso.

     

    11 de Outubro, Domingo

    10h – Noções gerais sobre acabamentos das peças (fundos e asas), pintura com engobes, esgrafitado e carimbos.

    10h30 – Roda de oleiro (grupo 2) e construção de um molde de gesso de um copo (grupo 1). Conclusão dos trabalhos.

    13h – Intervalo para almoço.

    15h – Continuação dos trabalhos: Roda de oleiro (grupo 1) e construção de um molde de gesso de um copo (grupo 2). Conclusão dos trabalhos.

    18h – Fim dos trabalhos.

     

    25 de Outubro, Domingo

    10h – Introdução às diferentes técnicas de vidragem e decoração. Minas cerâmicas e Majólica. Início dos trabalhos.

    13h – Intervalo para almoço.

    15h – Continuação dos trabalhos.

    18h – Fim da oficina.

    + informação
  • Curso de Cerâmica 2020-2021

    On: 07/23/2020
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     1
    cartaz (Custom)

     

     

     

    CURSO DE CERÂMICA 2020-2021

    CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CERÂMICA OCT / MONTEMOR-O-NOVO

     

    Grupo A: 4ªs Feiras, das 18h às 20h

    Grupo B: Sábados, das 10h às 12h

     

     

    OBJETIVOS

    Conhecer o barro e as suas principais propriedades;

    Aprender as principais técnicas de modelação e decoração;

    Criar peças em cerâmica utilizando a técnica ao serviço da criação;

     

    FORMADORES

    Ana João Almeida

    Leonor Mire

     

    PÚBLICO-ALVO

    Público em geral, maiores de 16 anos.

     

    MENSALIDADE

    4 aulas: 55€

    (10% desconto para sócios, estudantes e desempregados)

    Materiais e fornadas incluídos

     

    INSCRIÇÕES E MAIS INFORMAÇÕES

    www.oficinasdoconvento.com

    telheiro@oficinasdoconvento.com

    +351 266 887 149

     

     

    PROGRAMA

     

    APRESENTAÇÃO (28 Outubro + 31 Outubro)

    Apresentação do programa.

    Visita guiada aos espaços das Oficinas da Cerâmica e da Terra.

     

    MÓDULO 1 (Novembro)

    4/11 +  7/11 – Origem e formação do barro. Como identificar e recolher barro no campo. As propriedades do barro. Os engobes naturais.

    11/11 + 14/11 – Introdução às técnicas de conformação. As ferramentas. Modelação livre. Técnica do maciço ocado. Barro vermelho (baixa temperatura). Pintura com engobes.

    18/11 + 21/11 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

    25/11 + 28/11 – Continuação e conclusão dos trabalhos. Acabamentos, brunidura, resinas naturais, ceras e óleos. Secagem, enforna e cozedura.

     

    MÓDULO 2   (Dezembro)

    2/12 + 5/12 – Técnica do rolo. Planos e curvas – Barro vermelho (baixa temperatura).

    9/12 + 12/12 – Técnicas de decoração com engobes: reservas, manchado, rendilhado.

    16/12 + 19/12 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

    23/12 + 2/1 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

     

    MÓDULO 3 (Janeiro)

    6/1 + 9/1 – Técnica da lastra. Azulejos artesanais – Faiança/ Barro branco (baixa temperatura)

    13/1 + 16/1 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de um pequeno painel de azulejos. Lastra e corte.

    20/1 + 23/1 – Decorações: Pintura tradicional alentejana. Pintura do painel com engobes – esgrafitado.

    27/1 + 30/1 – Continuação e conclusão dos trabalhos. Vidragem do painel.

     

    MÓDULO 4   (Fevereiro)

    3/2 + 6/2 – Técnica da lastra. Colagem. Volumes a partir de planos. Barro Vermelho (baixa temperatura)

    10/2 + 13/2 – Técnicas de decoração em relevo: Incisão, colagem, estampagem, empedrado, perfuração. Carimbos. Lavagens.

    17/2 + 20/2 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma caixa ou outra peça a partir dos conteúdos dados.

    24/2 + 27/2 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

     

    MÓDULO 5   (Março)

    3/3 + 6/3 – Pastas coradas. Elaboração de testes e amostras de cores. O marmorizado. Faiança (baixa temperatura)

    10/3 + 13/3 – Nerikomi.

    17/3 + 20/3 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

    24/3 + 27/3 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

     

    MÓDULO 6   (Abril)

    3/4 + 7/4 – Reprodução em série. Moldes de gesso: enchimento com pasta e com barbotina. A porcelana (alta temperatura).

    10/4 + 14/4 – Roda de oleiro / CRIAÇÃO: Exercício criativo. Construção de moldes de gesso.

    17/4 + 21/4 – Roda de oleiro / CRIAÇÃO: Exercício criativo. Construção de moldes de gesso.

    24/4 + 28/4 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

     

    MÓDULO 7   (Maio)

    5/5 + 8/5 – Roda de oleiro / Enchimento de moldes e acabamentos.

    12/5 + 15/5 – Roda de oleiro / Enchimento de moldes e acabamentos.

    19/5 + 22/5 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

    26/5 + 29/5 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

     

    MÓDULO 8 (Junho)

    2/6 + 5/6 – Os vidrados. Suportes para testes. Técnicas de decoração sobre chacota: Estresido (transferência de imagem), Corda seca, Majólica, Minas cerâmicas

    9/6 + 12/6 – Técnicas de transferência de imagens: decalque com carimbos, desenho com lápis, desenho com aparo, cromolitografia.

    16/6 + 19/6 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados. Continuação e conclusão dos trabalhos.

    23/6 + 26/6 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

     

    EXPOSIÇÃO COLECTIVA (Julho)

    Apresentação dos trabalhos realizados.

    + informação
  • Atelier Livre

    On: 07/23/2020
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like
    AtelierLivre

     

     

    ATELIER LIVRE

    Centro de Investigação Cerâmica – OCT – Montemor-o-Novo

    Todos os dias / Sujeito a marcação

     

    Modalidade de utilização do espaço que tem como objetivo proporcionar aos utilizadores as condições necessárias para a realização de projetos em cerâmica de pequena e média escala.  Este atelier é dirigido aos utilizadores que trabalham de maneira autónoma, sendo prestado apoio técnico pontual por parte do responsável pelo espaço.

    A inscrição no Atelier livre é efetuada através do pagamento de 49,20€ que inclui 4 sessões. Cada sessão tem a duração de 3 horas:  das 10h às 13h ou das 15h às 18h.

    Para marcar as 4 sessões, o utilizador deverá enviar-nos um mail de forma a saber quais as datas disponíveis e assim proceder à marcação das sessões conforme a sua preferência (existe limite de vagas).

     

    O valor do bloco de 4 sessões inclui também:

    – 15kg de barro vermelho ou 10kg de pasta de azulejos/faiança/gres ou barbotinas;

    – Engobes/vidrados até um limite de 500 gramas de material seco

    – Cozedura em forno elétrico (85L)

     

    MAIS INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

    telheiro@oficinasdoconvento.com

    +351 266 887 149

    + informação
  • MÃOS NO BARRO – Oficinas Personalizadas

    On: 05/25/2020
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like
    OficinasPersonalizadas []

     

    Oficinas dirigidas e adaptadas a diferentes participantes, grupos e faixas etárias e organizadas consoante as suas necessidades e interesses.

    Cada oficina pode incluir visita guiada ao Telheiro da Encosta do Castelo, onde são explicados os processos artesanais que aqui acontecem, como a produção de pastas cerâmicas e materiais de construção. O que é o barro, como o encontramos no seu estado natural, como se transforma em cerâmica e muito mais, são outros pontos que fazem parte desta visita.

    Após a visita guiada a oficina é dirigida conforme o interesse dos participantes. Modelação de vasos ou taças com a técnica do rolo, modelação e pintura de azulejos ou construção de apitos de barro são algumas sugestões, mas muitas outras técnicas podem ser ensinadas.

    Inscrições:
    1 participante: 30€
    2 – 3 participantes: 25€ /pessoa
    4 – 30 participantes: 100€ /grupo

    Duração da oficina: 3 horas (das 10h às 13h ou das 15h às 18h)
    A oficina inclui apoio técnico, barro e cozedura das peças.

    .

    Observações:

    É possível enviar as peças cozidas por correio gratuitamente, caso se trate de uma oficina até 3 participantes. Não nos responsabilizamos por possíveis danos no transporte.

    Os preços indicados aplicam-se a oficinas em dias úteis. Para a realização de oficinas ao fim-de-semana o preço acresce 20% e o horário está sujeito à disponibilidade do formador.

    A oficina para 1 participante inclui 7,5 kg de barro vermelho de Vendas Novas ou o equivalente em faiança ou barbotinas. A oficina para 2 a 3 participantes, assim como a oficina de 4 participantes ou mais, inclui no total uma embalagem de 15 kg de barro vermelho ou o equivalente em faiança ou barbotinas. Os participantes podem comprar barro extra se assim o pretenderem.

    A visita guiada e apoio técnico tem a duração aproximada de uma hora; após esse período de tempo os participantes ficam a trabalhar, com apoio pontual do formador. Essa hora pode ser dividida pela visita guiada, explicação de processos cerâmicos e prática de técnicas de conformação e decoração conforme a escolha dos participantes, sem a obrigação de realizar as três. Pode-se optar por uma visita guiada ao Telheiro da Encosta do Castelo mais extensa, com explicações mais detalhadas sobre o funcionamento dos fornos a lenha, etc., ou por outro lado pode-se optar por não realizar esta visita guiada e aprofundar melhor outras questões sobre a cerâmica, suas propriedades, técnicas de conformação ou decoração, etc..

    Mais informações e marcações para telheiro@oficinasdoconvento.com

    .

    //

    .

    HANDS ON THE CLAY – Customized workshops

    Workshops addressed and tailored to different groups and different age ranges, organized according to their needs and interests.

     

    Each workshop includes a guided tour around Telheiro da Encosta do Castelo (Castle Hill Pottery), where participants will acknowledge the artisanal processes, such as the preparation of the clay and building materials. What is clay, how we find it in its natural state, how is it transformed into ceramic and much more. These are other subjects that take part in this tour.

    After the guided tour, the workshop is moulded according to the participants’ interest. Pot or bowls modelling with the coil technique, tiles modelling and painting or clay whistles, are only a few suggestions, but many more techniques can be applied.

     

    Applications:

    1 participant – 30€

    2-3 participants – 25€/person

    4-30 participants – 100€/group

     

    Workshop length: 3 hours (from 10h-13h or 15h-18h)

    The workshop includes the clay and firing of the pieces.

     

    Observations:

    It is possible to send the finalized pieces by mail, free of charge, in case the workshop has 3 participants maximum.

    The presented prices are applied to workshops that take place during workdays. For workshops which take place during weekends, 20% is added to the normal price, also the schedule will depend on the instructor’s availability.

    The workshop for only 1 participant includes 7,5kg of red clay from Vendas Novas or the equivalent in faience and casting slip. The workshop for 2 to 3 participants, as well as 4 participants or more, includes a package of 15kg of red clay from Vendas Novas or the equivalent in faience and casting slip. The participants can buy extra clay if needed.

    The length of the guided tour and technical support is one hour, approximately; after that, the participants will continue their work with occasional support from the instructor. The one hour period can be divided into the guided tour, the explanation of the ceramic processes and the practice of shape and decoration techniques according to what participants have more interest, without the obligation of performing the three practices. Participants may choose an extended tour around Telheiro da Encosta do Castelo (Castle Hill Pottery), with more detailed information regarding the functionality of the wooden kilns, etc…or on the other hand, participants may choose not to perform this tour, and instead develop other questions about ceramic, its characteristics, shape and decoration techniques, etc…

     

    For more informations please e-mail us to telheiro@oficinasdoconvento.com

    + informação