• Curso de Iniciação à Olaria

    On: 03/23/2022
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like

    Curso de Iniciação à Olaria com João Rolaça

    26 e 27 de Março 2022

    2 e 3 Abril 2022

    15 e 16 Abril 2022

    30 Abril e 1 Maio 2022

    14 e 15 Maio 2022

    Oficinas da Cerâmica e da Terra, OCT

     

    cartaz-rodaJRNeste curso, os participantes vão aprender as técnicas de iniciação ao trabalho na roda de oleiro: amassar e centrar o barro; subir, abrir e fechar formas simples; acabar as peças e aplicar engobes coloridos e outras decorações.

    Público-Alvo: Maiores de 16 anos, com ou sem experiência em cerâmica

    Lotação: 4 pessoas por sessão.

    Sessões de 2 dias, das 10 às 18h.

    Valor de inscrição: 130€ (2 dias)

     

     

     

     

     

     

     

    As pessoas interessadas poderão participar numa segunda sessão complementar, para um grupo mais alargado, onde aprenderão a vidrar as peças, com vidrados transparentes ou coloridos e a enfornar para a cozedura.

    Lotação: Mínimo 10 e máximo 12 pessoas

    Data: 28 Maio

    Valor de Inscrição: 60€

     

    INSCRIÇÕES telheiro@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Oficina Atmosfera Redutora

    On: 03/23/2022
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like

    Atmosfera Redutora

    Oficina de Cozedura em Forno de Lenha

    1, 2 e 3 de Abril 2022 | Centro de Investigação Cerâmica

     

    queimaFormador: Nuno Tomaz

    Público alvo: Artistas, ceramistas, estudantes em geral, professores, investigadores e curiosos.

     

    Conteúdos:

    Preparação e condução de uma cozedura a lenha.

    Pretende-se com esta oficina explorar os efeitos específicos da cozedura a lenha, marcas da chama e depósitos de cinza que se formam neste tipo de forno.

     

    Características da fornada:

    • Cozedura a lenha;
    • Temperatura 1260ºC;
    • Atmosfera redutora;
    • Dimensões interiores do forno 55cm x 45cm x 38cm.

     

    Requisitos para a participação:

    Para a participação nesta oficina, os interessados são convidados a trazer peças de sua autoria, de pasta cerâmica que suporte a temperatura de 1260ºC ou superior, de tamanho pequeno, já chacotadas. Todos têm a oportunidade de introduzir peças e/ou ensaios de todos os tipos para futuras referências. Poderão ter engobes ou vidrados crús adequados à temperatura, aplicados pelos autores.

    Caso não possam chacotar as peças, ou precisem de trabalhar nos engobes ou vidrados nas nossas instalações, poderão contactar as Oficinas da Cerâmica e da Terra (OCT) com antecedência, ou consultar a página www.oficinasdoconvento.com

    O valor da inscrição contempla a cozedura de uma peça de aproximadamente 17cm (altura) x 35cm (comprimento) x 15cm (largura) ou várias de volume total equivalente. Aconselhamos sempre a trazerem umas peças a mais, de preferência peças pequenas para preencher os espaços livres do forno.

    Atenção: é da responsabilidade dos participantes assegurar que a pasta e os vidrados utilizados nas suas peças comporta a temperatura de 1260º ou superior, por forma a evitar estragos no forno e nas peças de outros participantes.

     

     

     

     

    Programa:

    6ª Feira, 1 de Abril:

    9h30 – Apresentação, observação e análise das peças a cozer

    10h – Introdução ao forno a lenha características, especificidades e resultados

    11h – Preparação do forno e enforna

    13h – Almoço

    14h – Enforna (continuação)

    17h – Construção da porta e pré-secagem do forno

    18h30 – Fim de dia

     

    Sábado, 2 de Abril:

    8h30 – Planificação da cozedura, distribuição de tarefas

    9h – Início da cozedura

    13h – Almoço

    19h – Fim da cozedura (hora estimada)

    Domingo, 3 de Abril:

    10h – Abertura ligeira da porta, tempo livre

    16h – Abertura do forno (publico)

    17h – Apreciação, análise de resultados, reflexão coletiva

    18h – Organização do espaço

    18h30 – Fim dos trabalhos

     

    Inscrições:

    80€ / Máximo 6 participantes

    Inclui alojamento em camarata partilhada:

    Camarata do Convento de São Francisco; mista e com acesso a cozinha, casa de banho e wi-fi.

    Trazer saco cama ou roupa de cama e toalha. Indicar no ato de inscrição.

    Não inclui refeições / Disponibilizamos a nossa cozinha para confecionar refeições / Restauração local.

    Inscrições e mais informações: telheiro@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Atmosfera Redutora

    On: 02/15/2022
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like

    ATMOSFERA REDUTORA

    OFICINA DE COZEDURA EM FORNO DE LENHA

     

    queima (1)Local:

    Centro de Investigação Cerâmica OCT

    Montemor-o-Novo

     

    Datas

    29, 30 e 31 de Julho 2022

     

    Formador

    Nuno Tomaz

     

    Público alvo: Artistas, ceramistas, estudantes em geral, professores, investigadores e curiosos

     

    Conteúdos

    Preparação e condução de uma cozedura a lenha.

    Pretende-se com esta oficina explorar os efeitos específicos da cozedura a lenha, marcas da chama e depósitos de cinza que se formam neste tipo de forno.

     

    Características da fornada

    Cozedura a lenha;

    Temperatura 1260ºC;

    Atmosfera redutora;

    Dimensões interiores do forno 55cm x 45cm x 38cm.

     

     

    Requisitos para a participação

    Para a participação nesta oficina, os interessados são convidados a trazer peças de sua autoria, de pasta cerâmica que suporte a temperatura de 1260ºC ou superior, de tamanho pequeno, já chacotadas. Todos têm a oportunidade de introduzir peças e/ou ensaios de todos os tipos para futuras referências.

    Poderão ter engobes ou vidrados crús adequados à temperatura, aplicados pelos autores.

    Caso não possam chacotar as peças, ou precisem de trabalhar nos engobes ou vidrados nas nossas instalações,  poderão contactar as Oficinas da Cerâmica e da Terra (OCT) com antecedência, ou consultar a página www.oficinasdoconvento.com

    O valor da inscrição contempla a cozedura de uma peça  de aproximadamente 17cm (altura) x 35cm (comprimento) x 15cm (largura) ou várias de volume total equivalente. Aconselhamos sempre a trazerem umas peças a mais, de preferência peças pequenas para preencher os espaços livres do forno.

    Atenção: é da responsabilidade dos participantes assegurar que a pasta e os vidrados utilizados nas suas peças comporta a temperatura de 1260º ou superior, por forma a evitar estragos no forno e nas peças de outros participantes.

     

    Programa:

     

    6ª Feira, 29 de Julho

    9h30 – Apresentação, observação e análise das peças a cozer

    10h – Introdução ao forno a lenha características, especificidades e resultados

    11h – Preparação do forno e enforna

    13h – Almoço

    14h – Enforna (continuação)

    17h – Construção da porta e pré-secagem do forno

    18h30 – Fim de dia

     

    Sábado, 30 de Julho

    8h30 – Planificação da cozedura, distribuição de tarefas

    9h – Início da cozedura

    13h – Almoço

    19h – Fim da cozedura (hora estimada)

     

    Domingo, 31 de Julho

    10h – Abertura ligeira da porta, tempo livre

    16h – Abertura do forno (publico)

    17h – Apreciação, análise de resultados, reflexão coletiva

    18h – Organização do espaço

    18h30 – Fim dos trabalhos

     

     

    Inscrições:

    150€ / Máximo 6 participantes

     

    Inclui alojamento em camarata partilhada:

    Camarata do Convento de São Francisco; mista e com acesso a cozinha, casa de banho e wi-fi.

    Trazer saco cama ou roupa de cama e toalha. Indicar no ato de inscrição.

     

    Não inclui refeições / Disponibilizamos a nossa cozinha para confecionar refeições / Restauração local.

     

    Inscrições e mais informações: telheiro@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Ciclo de Cerâmica 2

    On: 01/19/2022
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like

    CICLO DE CERÂMICA 2

    ciclo2022 2

    CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CERÂMICA OCT, MONTEMOR-O-NOVO

     

    Ao longo deste ciclo de oficinas pretende-se que os participantes possam adquirir os conhecimentos necessários para trabalhar em cerâmica com autonomia.

    Começamos por aprender o que é o barro, quais as suas características e propriedades e como o manipular de forma a conseguir construir diferentes formas.

    Ao longo destas 6 oficinas vamos trabalhar com diferentes técnicas de decoração e decoração, realizando vários exercícios de introdução e experimentação do material.

    Por fim, aprendemos sobre o passo final da cerâmica, o processo de cozedura, realizando queimas colectivas a lenha e a gás.

     

    Os participantes deste curso poderão posteriormente frequentar o Atelier Livre e assim dar continuidade ao trabalho em cerâmica desenvolvendo os seus projectos de forma autónoma.

     

    Formadores:

    Ana João Almeida

    Leonor Mire

     

    Mais informações e inscrições:

    telheiro@oficinasdoconvento.com

    O valor da inscrição não inclui alojamento nem refeições.

    Nº mínimo de participantes: 10 pessoas

     

     

    2 e 3 de Julho

    Introdução ao barro e à sua conformação. Maciço ocado e técnica do rolo.

    Inscrição: 50€

     

    Sábado, 2 de Julho

    10h00 – Apresentação. O que é o barro. Como identificar, recolher e preparar o barro. As propriedades do barro: conhecer o material. Argilas primárias e argilas secundárias. Os engobes naturais. Introdução às técnicas de conformação.

    Exercício 1: modelação livre e técnica do maciço ocado.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Técnica do rolo. Formas e curvas simétricas e assimétricas. Exercício 2: modelação a rolo.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Domingo, 3 de Julho

    10h00 – Engobes naturais e engobes elaborados.

    Técnicas de decoração com engobes: esgrafitado, reservas e rendilhado.

    Conclusão do exercício da técnica do rolo: acabamentos e decoração.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Conclusão do exercício de modelação livre: ocar o maciço.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

     

    6 e 7 de Agosto

    Azulejos e modelação de lastras

    Inscrição: 50€

     

    Sábado, 6 de Agosto

    10h00 – Apresentação. Introdução à técnica da lastra: 2D e 3D. Azulejos artesanais. Exercício 1: Desenho e realização de um pequeno painel de azulejos.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Os engobes. Técnicas de decoração em relevo: Incisão, perfuração, empedrado, colagem, estampagem com carimbos.

    Preparação das lastras para o exercício 2.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Domingo, 7 de Agosto

    10h00 – Técnica da lastra: volumes a partir de planos (corte e colagem). Exercício 2: planificação e modelação de uma forma tridimensional a partir de lastras.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Conclusão dos dois exercícios: acabamentos e decoração.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

     

    24 e 25 de Setembro + 8 de Outubro

    Roda de Oleiro e Moldes de Gesso

    Inscrição: 85€

     

    Sábado, 24 de Setembro

    10h00 – Apresentação e organização de dois grupos de trabalho (grupo A e grupo B)

    10h30 – Introdução às técnicas de roda de oleiro e enchimento de moldes de gesso

    11h00 – Grupo A – Roda de oleiro / Grupo B – Enchimento de moldes com porcelana e faiança + Colar asas + Engobes

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Grupo A – Enchimento de moldes com porcelana e faiança + Colar asas + Engobes /

    Grupo B – Roda de oleiro

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Domingo, 25 de Setembro

    10h00 – Grupo A – Roda de oleiro (fundos) / Grupo B – Construção de um molde de gesso de um copo

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Grupo A – Construção de um molde de gesso de um copo / Grupo B – Roda de oleiro (fundos)

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

    Sábado, 8 de Outubro

    10h – Introdução às diferentes técnicas de vidragem e decoração. Carimbos, Majólica, desenho com lápis e minas cerâmicas. Decoração das peças feitas na roda e com moldes.

    13h – Intervalo para almoço

    15h – Continuação e conclusão dos trabalhos.

    18h – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

     

    21, 22 e 23 de Outubro

    Cozedura de Gres de Sal

    Inscrição: 65€

     

    6ª Feira, 21 de Outubro

    10h00 – Apresentação. Observação e análise das peças a cozer

    10h30 – Introdução ao Forno de Grés de Sal: características, especificidades e resultados.

    11h00 – Enforna

    12h30 – Almoço

    14h00 – Enforna (continuação). Construção da porta do forno.

    18h00 – Descanso

     

    Sábado, 22 de Outubro

    9h00 – Acender o Fogo. Planificação da Cozedura, distribuição de tarefas.

    12h30 – Almoço / Continuação da cozedura

    19h00 – Fim da Cozedura (hora estimada) e Descanso.

     

    Domingo, 23 de Outubro

    10h00 – Abertura ligeira da porta do forno

    10h30 – Organização do espaço

    11h30 – Pic-nic partilhado / Tempo livre

    12h30 – Tempo livre

    16h00 – Abertura do Forno

    17h00 – Observação, análise de resultados, reflexão colectiva.

    18h00 – Arrumação e organização do espaço. Fim dos trabalhos.

     

    Oficina de Cozedura a lenha de peças cerâmicas a alta temperatura.

    Número mínimo de participantes: 15 pessoas.

    Local: Telheiro da Encosta do Castelo / Oficinas da Cerâmica e da Terra, Montemor-o-Novo

     

    A Oficina de Cozedura de Grés de Sal pretende partilhar o conhecimento sobre esta técnica de cozedura a lenha de alta temperatura e possibilitar a todos os interessados a experiência de cozer peças neste forno único.

    Este forno e técnica de cozedura é muito interessante e diferente, algo imprevisível e por isso mesmo, um fascínio para muitos ceramistas e artistas.  Consiste em cozer peças a lenha e na parte final da cozedura, já com temperaturas muito altas, introduzir sal na câmara de queima, que deixa um vidrado específico sobre as peças, impossível de replicar com outras técnicas.

    Todos têm a oportunidade de introduzir peças e/ou ensaios de todos os tipos para futuras referências.

    Para a participação nesta oficina, os interessados são convidados a trazer peças de sua autoria, de pasta cerâmica que suporte 1280ºC ou superior, de tamanho pequeno a médio, já chacotadas. Poderão ter engobes ou vidrados crús adequados à temperatura.

    Atenção: é da responsabilidade dos participantes assegurar que a pasta utilizada nas suas peças comporta a temperatura de 1280º ou superior, por forma a evitar estragos no forno e nas peças de outros participantes.

    Caso não possam chacotar as peças ou precisem de as realizar nas nossas instalações, assim como trabalhar com engobes ou vidrados, contactem a equipa OCT.

    O valor da inscrição contempla a cozedura de pelo menos uma peça de aproximadamente 30 x 30 x 30 cm ou várias de volume total equivalente. Os participantes poderão trazer mais algumas peças, sendo que no momento da enforna será decidido quais as peças que serão enfornadas com base no espaço existente dentro do forno.

     

     

    5 e 26 de Novembro

    Raku

    Inscrição: 45€

     

    Sábado, 5 de Novembro

    10h00 – Apresentação

    10h30 – Introdução ao Raku e reflexão sobre os trabalhos a realizar. Início da modelação.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Continuação da modelação

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Sábado, 26 de Novembro

    10h – O processo de redução. Vidragem das peças. Preparativos para a queima; Enfornas.

    13h – Intervalo para almoço

    15h – Início das queimas.

    18h – Lavagem das peças e arrumações. Fim dos trabalhos.

     

     

    10 de Dezembro

    Os vidrados

    Inscrição: 40€

     

    Sábado, 10 de Dezembro

    10h00 – Apresentação

    10h30 – Introdução à vidragem: materiais, ferramentas e modos de aplicação. Tipos de vidrados. Lavagens, corda seca e técnica das bolhas.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Vidragem e decoração de peças diversas.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

    + informação
  • Ciclo de Cerâmica

    On: 12/16/2021
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like

    CICLO DE CERÂMICA – COMPLETO

    Pode consultar as novas datas disponíveis para realização Ciclo de Cerâmica aqui

     

    ciclo2022 esgCENTRO DE INVESTIGAÇÃO CERÂMICA OCT, MONTEMOR-O-NOVO

    Ao longo deste ciclo de oficinas pretende-se que os participantes possam adquirir os conhecimentos necessários para trabalhar em cerâmica com autonomia.

    Começamos por aprender o que é o barro, quais as suas características e propriedades e como o manipular de forma a conseguir construir diferentes formas.

    Ao longo destas 6 oficinas vamos trabalhar com diferentes técnicas de decoração e decoração, realizando vários exercícios de introdução e experimentação do material.

    Por fim, aprendemos sobre o passo final da cerâmica, o processo de cozedura, realizando queimas colectivas a lenha e a gás.

     

    Os participantes deste curso poderão posteriormente frequentar o Atelier Livre e assim dar continuidade ao trabalho em cerâmica desenvolvendo os seus projectos de forma autónoma.

     

    Formadores:

    Ana João Almeida

    Leonor Mire

     

     

    Mais informações e inscrições:

    telheiro@oficinasdoconvento.com

     

    O valor da inscrição não inclui alojamento nem refeições.

    Nº mínimo de participantes: 10 pessoas

     

     

    22 e 23 de Janeiro

    Introdução ao barro e à sua conformação. Maciço ocado e técnica do rolo.

    Inscrição: 50€

     

    Sábado, 22 de Janeiro

    10h00 – Apresentação. O que é o barro. Como identificar, recolher e preparar o barro. As propriedades do barro: conhecer o material. Argilas primárias e argilas secundárias. Os engobes naturais. Introdução às técnicas de conformação.

    Exercício 1: modelação livre e técnica do maciço ocado.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Técnica do rolo. Formas e curvas simétricas e assimétricas. Exercício 2: modelação a rolo.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Domingo, 23 de Janeiro

    10h00 – Engobes naturais e engobes elaborados.

    Técnicas de decoração com engobes: esgrafitado, reservas e rendilhado.

    Conclusão do exercício da técnica do rolo: acabamentos e decoração.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Conclusão do exercício de modelação livre: ocar o maciço.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

     

    5 e 6 de Fevereiro

    Azulejos e modelação de lastras

    Inscrição: 50€

     

    Sábado, 5 de Fevereiro

    10h00 – Apresentação. Introdução à técnica da lastra: 2D e 3D. Azulejos artesanais. Exercício 1: Desenho e realização de um pequeno painel de azulejos.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Os engobes. Técnicas de decoração em relevo: Incisão, perfuração, empedrado, colagem, estampagem com carimbos.

    Preparação das lastras para o exercício 2.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Domingo, 6 de Fevereiro

    10h00 – Técnica da lastra: volumes a partir de planos (corte e colagem). Exercício 2: planificação e modelação de uma forma tridimensional a partir de lastras.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Conclusão dos dois exercícios: acabamentos e decoração.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

     

    5, 6 e 19 de Março

    Roda de Oleiro e Moldes de Gesso

    Inscrição: 85€

     

    Sábado, 5 de Março

    10h00 – Apresentação e organização de dois grupos de trabalho (grupo A e grupo B)

    10h30 – Introdução às técnicas de roda de oleiro e enchimento de moldes de gesso

    11h00 – Grupo A – Roda de oleiro / Grupo B – Enchimento de moldes com porcelana e faiança + Colar asas + Engobes

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Grupo A – Enchimento de moldes com porcelana e faiança + Colar asas + Engobes /

    Grupo B – Roda de oleiro

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Domingo, 6 de Março

    10h00 – Grupo A – Roda de oleiro (fundos) / Grupo B – Construção de um molde de gesso de um copo

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Grupo A – Construção de um molde de gesso de um copo / Grupo B – Roda de oleiro (fundos)

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

    Sábado, 19 de Março

    10h – Introdução às diferentes técnicas de vidragem e decoração. Carimbos, Majólica, desenho com lápis e minas cerâmicas. Decoração das peças feitas na roda e com moldes.

    13h – Intervalo para almoço

    15h – Continuação e conclusão dos trabalhos.

    18h – Arrumações e limpeza do espaço. Fim dos trabalhos.

     

     

    15, 16 e 17 de Abril

    Cozedura de Gres de Sal

    Inscrição: 65€

    6ª Feira, 15 de Abril

    10h00 – Apresentação. Observação e análise das peças a cozer

    10h30 – Introdução ao Forno de Grés de Sal: características, especificidades e resultados.

    11h00 – Enforna

    12h30 – Almoço

    14h00 – Enforna (continuação). Construção da porta do forno.

    18h00 – Descanso

     

    Sábado, 16 de Abril

    9h00 – Acender o Fogo. Planificação da Cozedura, distribuição de tarefas.

    12h30 – Almoço / Continuação da cozedura

    19h00 – Fim da Cozedura (hora estimada) e Descanso.

     

    Domingo, 17 de Abril

    10h00 – Abertura ligeira da porta do forno

    10h30 – Organização do espaço

    11h30 – Pic-nic partilhado / Tempo livre

    12h30 – Tempo livre

    16h00 – Abertura do Forno

    17h00 – Observação, análise de resultados, reflexão colectiva.

    18h00 – Arrumação e organização do espaço. Fim dos trabalhos.

     

    Oficina de Cozedura a lenha de peças cerâmicas a alta temperatura.

    Número mínimo de participantes: 15 pessoas.

    Local: Telheiro da Encosta do Castelo / Oficinas da Cerâmica e da Terra, Montemor-o-Novo

     

    A Oficina de Cozedura de Grés de Sal pretende partilhar o conhecimento sobre esta técnica de cozedura a lenha de alta temperatura e possibilitar a todos os interessados a experiência de cozer peças neste forno único.

    Este forno e técnica de cozedura é muito interessante e diferente, algo imprevisível e por isso mesmo, um fascínio para muitos ceramistas e artistas.  Consiste em cozer peças a lenha e na parte final da cozedura, já com temperaturas muito altas, introduzir sal na câmara de queima, que deixa um vidrado específico sobre as peças, impossível de replicar com outras técnicas.

    Todos têm a oportunidade de introduzir peças e/ou ensaios de todos os tipos para futuras referências.

     

    Para a participação nesta oficina, os interessados são convidados a trazer peças de sua autoria, de pasta cerâmica que suporte 1280ºC ou superior, de tamanho pequeno a médio, já chacotadas. Poderão ter engobes ou vidrados crús adequados à temperatura.

    Atenção: é da responsabilidade dos participantes assegurar que a pasta utilizada nas suas peças comporta a temperatura de 1280º ou superior, por forma a evitar estragos no forno e nas peças de outros participantes.

     

    Caso não possam chacotar as peças ou precisem de as realizar nas nossas instalações, assim como trabalhar com engobes ou vidrados, contactem a equipa OCT.

     

    O valor da inscrição contempla a cozedura de pelo menos uma peça de aproximadamente 30 x 30 x 30 cm ou várias de volume total equivalente. Os participantes poderão trazer mais algumas peças, sendo que no momento da enforna será decidido quais as peças que serão enfornadas com base no espaço existente dentro do forno.

     

    7 e 21 de Maio

    Raku

    Inscrição: 45€

     

    Sábado, 7 de Maio

    10h00 – Apresentação

    10h30 – Introdução ao Raku e reflexão sobre os trabalhos a realizar. Início da modelação.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Continuação da modelação

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

     

    Sábado, 21 de Maio

    10h – O processo de redução. Vidragem das peças. Preparativos para a queima; Enfornas.

    13h – Intervalo para almoço

    15h – Início das queimas.

    18h – Lavagem das peças e arrumações. Fim dos trabalhos.

     

     

    4 de Junho

    Os vidrados

    Inscrição: 40€

     

    Sábado, 4 de Junho

    10h00 – Apresentação

    10h30 – Introdução à vidragem: materiais, ferramentas e modos de aplicação. Tipos de vidrados. Lavagens, corda seca e técnica das bolhas.

    12h30 – Intervalo para almoço

    14h00 – Vidragem e decoração de peças diversas.

    18h00 – Arrumações e limpeza do espaço. Descanso.

    + informação
  • O Vaso Amigo

    On: 11/18/2021
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like
    vasoamigo

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    O Vaso Amigo

    Modela o teu vaso e escolhe uma planta

     

    Modelação: 6 de Novembro 2021

    Visita ao viveiro da MARCA: 27 de Novembro 2021

    Nesta oficina os participantes são convidados a criar um vaso de barro a partir da técnica do rolo. Pretende-se que este vaso seja a personificação de um amigo fantástico que irá cuidar de uma planta; cada participante vai inventar uma personagem e desenhá-la num papel, passando de seguida para a sua criação em barro.

    Depois dos vasos estarem cozidos voltamos a encontrar-nos. Primeiro vamos vidrar os vasos e queimá-los numa mufla a gás; enquanto arrefecem, faremos uma visita ao viveiro da MARCA – Associação de Desenvolvimento Local, onde vamos conhecer várias espécies de plantas autóctones e onde cada participante vai escolher a planta que irá habitar o seu vaso amigo. De regresso ao Centro de Investigação Cerâmica, os participantes vão colocar a planta escolhida no seu vaso, que irá consigo para casa.

     

    Programa:

    Sábado, 6 de Novembro

    10h Recepção aos participantes e apresentação

    11h Exercícios de reflexão e desenho; Introdução ao material e experimentação plástica; A técnica do rolo; Relevos: colagem e incisão; Início da modelação.

    13h Almoço

    14h Continuação da modelação; Pinturas com engobes

    18h Preparação para a secagem

    18h30 Fim dos trabalhos

     

    Sábado, 27 de Novembro

    10h Recepção aos participantes

    11h Acabamentos: Lavagens e vidragem; Queima dos vasos em mufla de gás

    13h Almoço

    15h Visita ao viveiro da MARCA e escolha da planta para o vaso; Regresso ao Centro de Investigação Cerâmica

    17h Desenforna; Encontro entre a cerâmica e as plantas

    18h30 Fim dos trabalhos

     

    Formadores: Leonor Mire e Ana Almeida

    Público-Alvo: Artistas, ceramistas, curiosos e público em geral

    Inscrições: 20€ / Inscrições para telheiro@oficinasdoconvento.com
    Máximo 10 participantes / Almoço não incluído

    Mais informações: telheiro@oficinasdoconvento.com

    + informação
  • Brinde ao Novo Ano

    On: 11/10/2021
    In: OCT, Oficinas
    Views: 0
     Like
    brinde

     

     

    Oficina aberta: Brinde ao Ano Novo

    Faz o teu copo de porcelana

     

    8 de Dezembro 2021 | Entre as 10h e as 18h

    Centro de Investigação Cerâmica, Montemor-o-Novo

    Nesta oficina os participantes vão aprender a encher moldes de gesso com barbotina e vão fazer e decorar um copo de porcelana. Mais tarde podem vir buscar os copos já cozidos e vidrados.

    Aparece e faz um copo para brindar ao novo ano!

     

    Entrada Livre

    Oficina orientada pela equipa OCT

    Inscrições e informações: telheiro@oficinasdoconvento.com

     

     

    + informação
  • “Masa” de Nuno Tomaz

    On: 11/10/2021
    In: OCT, Projectos
    Views: 0
     Like
    No passado fim de semana de 6 e 7 de Novembro, teve lugar no Centro de Investigação Cerâmica a cozedura de inauguração do forno de tijolo a lenha “Masa”,  adaptado  e construído por Nuno Tomaz a partir do projecto smokeless speedy kiln  do mestre japonês Masakazu Kusakabe.  Este novo “Masa” dá continuidade a um projeto anterior intitulado “Sonobé”: forno de tijolo a lenha construído por Gérard Sarrouy e Nuno Tomaz no Atelier Jacaranda,  em Sintra, no final dos anos 1990.
    A fornada inaugural, conduzida por Nuno Tomaz e Miguel Neto, atingiu os 1280ºC em atmosfera redutora. O convívio, os surpreendentes resultados e a partilha de conhecimento tornaram estes dias uma experiência rica e única. Salientam-se dois momentos fortes: o atingir das altas temperaturas do forno revelando uma língua de chama saída da chaminé de 4 metros em noite limpa de Sábado; e o momento da abertura do forno, depois do convívio de Domingo, com a descoberta dos belos efeitos nas mais de 30 peças de 4 artistas. A magia da química do fogo originou obras únicas nas texturas e nas cores.
    O nosso obrigado a todos os intervenientes e visitantes. Que seja o início de muitas fornadas em eterno processo de aprendizagem!
    + informação