• Inauguração do Centro UNESCO Oficinas do Convento

    On: 10/18/2010
    In: Outros Eventos, Projectos
    Views: 1
     Like

    19 de Outubro | 18H30
    Convento de S. Francisco, Montemor-o-Novo

    O movimento dos Clubes UNESCO desenvolveu-se espontaneamente logo após a criação da UNESCO – agência especializada das Nações Unidas para a Educação, Ciência, Cultura e Comunicação. Em 2001 existiam já cerca de 5000 clubes em mais de 120 países dos cinco continentes do mundo.

    Os Clubes UNESCO pretendem partilhar os ideais da UNESCO, tal como figuram no seu Acto Constitutivo e respeitar a Declaração Universal dos Direitos do Homem. As suas actividades são permanentemente aprofundadas e diversificadas, alcançando assim novos domínios: a reflexão, sempre presente, é acompanhada de acções concretas, originais, motivadas pelo estudo das situações locais, nacionais e internacionais. O papel dos Clubes como mediadores da informação sobre os problemas do mundo contemporâneo e sobre a acção da UNESCO é constantemente reforçado. A comunicação entre Clubes de países e continentes diferentes intensifica-se a cada dia que passa, bem como os trabalhos conjuntos e actividades de cooperação ao serviço do desenvolvimento. As funções dos Clubes UNESCO podem assim resumir-se em três palavras: formação, informação e acção.

    Os Centros UNESCO distinguem-se dos Clubes pelos seguintes motivos:

    – funcionam de maneira permanente num local geralmente aberto ao público;

    – contam com pessoal especializado que recebe, na maioria dos casos, uma remuneração;

    – dispõem de meios relativamente importantes, por vezes consideráveis, provenientes de fontes diversas (governos, municípios, fundações, grupos de patrocinadores);

    – as suas actividades também são permanentes.

     Em Portugal existem 12 Centros/Clubes UNESCO, espalhados pelo território nacional: Clube UNESCO para a Interculturalidade (Esposende), Clube UNESCO Mar Uno (Lisboa), Clube UNESCO da Maia (Maia), Centro UNESCO A Casa da Terra (Loures), Clube UNESCO de Educação Artística (Lisboa), Clube UNESCO da Educação Intercultural (sedeado em Saint Germain-en-Laye, França), Clube UNESCO Espaço t (Porto), Clube UNESCO da Aldeia das Ciências (Évora), Centro UNESCO de Braga – Juventude e Inclusão Social (Braga), Centro UNESCO de Castelo Branco – Informação para Todos (Castelo Branco), Clube UNESCO da Cidade do Porto (Porto) e Centro UNESCO do Porto (Porto).

    Tendo em conta que a Oficinas do Convento – Associação Cultural de Arte e Comunicação, tem por missão promover e difundir a produção, aprendizagem, reflexão e divulgação no campo multidisciplinar das Artes Plásticas, salvaguardando a diversidade cultural e fortalecendo os vínculos entre arte, ciência, educação e desenvolvimento, propõe-se dinamizar um Centro UNESCO na área da Cultura, particularmente vocacionado para as Artes Plásticas. Este centro denominar-se-á “Centro UNESCO Oficinas do Convento” e terá a sua sede no Convento de S. Francisco, em Montemor-o-Novo, onde é também a sede da Associação. Serão linhas de acção deste Centro:

     – Colaborar e cooperar com instituições locais, regionais ou internacionais, nas acções e realizações que têm ligação com os objectivos da UNESCO, em particular com a Comissão Nacional da UNESCO;

    – Suscitar e encorajar a defesa dos valores proclamados pela UNESCO, procurando e promovendo os meios eficazes para o efeito;

    – Contribuir para a promoção da cultura e das Artes Plásticas em particular, contribuindo simultaneamente para o exercício de uma cidadania mais consciente e capaz de preservar e promover o património cultural local, nacional e internacional;

     – Constituir-se como um centro de recursos para a promoção da cultura e das artes plásticas, desenvolvendo e produzindo materiais diversos de difusão e pedagógicos (por exemplo, desdobráveis, brochuras, manuais, recursos audiovisuais, etc.);

     – Desenvolver programas e/ou acções de formação na área das artes plásticas;

     – Promover seminários, reuniões, debates e exposições.

    No dia 19 de Outubro, pelas 18H30, celebraremos a assinatura do Protocolo entre a Oficinas do Convento e a Comissão Nacional da UNESCO (CNU) para a constituição do “Centro UNESCO Oficinas do Convento”. Estão presentes, da parte da CNU, O Presidente, Embaixador Dr. Fernando Andresen Guimarães, a Secretária Executiva, Dr.ª Manuela Galhardo e a responsável pela área de Comunicação e Informação e dos Centros e Clubes UNESCO, Dr.ª Anna-Paula Ormeche.

    + informação
  • Lançamento de “Um Sítio no Rio”

    On: 03/17/2010
    In: Concertos, Exposições, Projectos
    Views: 0
     Like

    Nos últimos anos, a Oficinas do Convento tem vindo a reforçar o seu campo de acção junto do Rio Almansor, empenhando-se na sua revalorização e relação com a cidade. Para tal tem feito esforços para estreitar a ponte que liga a Ciência à Arte, o que tem sido traduzido por projectos como “Projecto RIO”, “A Escola e o Rio” e “Ananil”, actividades que expressam a nossa preocupação de revalorização ambiental e projecção cultural da área do Rio Almansor. A criação de um website surge no sentido de criar um local de informação, reflexão e discussão, despertando consciências para questões de preservação da Natureza e levando as pessoas ao Rio, apresentando-o sob uma nova perspectiva. O website “Um Sítio no Rio” propõe assim um ponto de encontro entre a arte contemporânea e as ciências, exactas e humanas, sustentado por conteúdos de diversos formatos – sonoplástico, fotográfico, videográfico, entre outros -, aberto a contribuições pertinentes que surjam da parte dos mais diversos agentes da cidade de Montemor-o-Novo.

    A noite continuará com um concerto de Draska, uma proposta portuguesa de afro-beat acústico que podem visitar aqui.

    + informação