ANTEZ na Oficinas do Convento

Performance ANTEZ

20 Fevereiro 2020 | 21:30h

Oficinas do Convento

Contribuição à porta para o artista

cartazA base desta performance é tocar as compreensões da estrutura ressonante da sala, esculpindo, todas as vezes, um novo acordo com a sua singularidade arquitectónica. O conceito da performance mantém-se mutável até ao fim, usando exclusivamente procedimentos acústicos e métodos de produção que são gerados pelos movimentos do corpo do artista.

A sua primeira inspiração para produzir um som contínuo com um instrumento de percussão desenvolveu-se a partir de um processo de investigação das qualidades acústicas do espaço da performance. Recolhe vários objectos e instrumentos durante as suas tours, e no seu meio de trabalho adaptou a peça para ser tocada num tambor de grande volume, que é usado como um amplificador de vibração. O artista desenvolveu uma afinidade íntima com os materiais em vibração já que tem de avaliar as vibrações no seu corpo a níveis distintos para que consiga coordenar as suas posturas e movimentos, e dessa forma pô-los em vibração. Para dar vida a estas vibrações, o artista tem usado, desde 2008, circunvolução.

O seu som é muitas vezes comparado a determinados sons produzidos por sintetizadores. No entanto, os seus sons acústicos dependem da qualidade reflectora dos espaços circundantes e no volume da própria performance.

 

 

Comments are closed.