“Reencenação à distância” na BREVEMENTE

30 de Outubro a 19 de Novembro

Reencenação à distância de Joana Patrão

na galeria de rua BREVE MENTE

Joana8O projeto “Reencenação à distância” (2015) resulta de uma série fotográfica captada numa viagem pelo Mar Báltico. O destino da viagem é a ilha de Utö, a ilha finlandesa mais afastada do continente, mais embrenhada no mar. A instalação aqui apresentada explora diferentes formas assumidas pelo mar neste percurso, recuperando instantes irrepetíveis, captados no fluxo marítimo. Em dois momentos explora-se a viagem e a sua chegada. O primeiro (à esquerda) é vivido em alto-mar – as águas estão agitadas, em movimentos rápidos respondem à passagem do barco; o segundo momento (à direita) já não trata da viagem, mas da chegada, da acalmia – a água movimenta-se lentamente, vai moldando a superfície da rocha, evocando um tempo longo, contínuo.

Deste modo, apresentam-se diferentes temporalidades associadas à natureza da água, reencenando simbolicamente esta viagem, numa linha temporal que aproveita a extensão das vitrines da Galeria de Rua Breve mente para remeter a um percurso marítimo, oscilante, convidando os transeuntes a tornarem-se viajantes neste mar.

Joana Patrão (1992, Barcelos). Mestre em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, com o projeto “A Paisagem enquanto experiência. Mar: Imersão e Viagem” (2016). Em 2015 estudou no Mestrado em Visual Culture and Contemporary Arts na Aalto University School of Arts, Design and Architecture, Helsínquia/Espoo, Finlândia, ao abrigo do programa Erasmus+.

Em 2017, foi artista residente no programa “Laboratórios de Verão”, gnration, em Braga e participou na residência artística “Artistas emergentes Europeus” inserida no VIII FIGAC (Fórum de Gestão Artística e Cultural), em Viana do Castelo. Em 2015 integrou o workshop internacional Adaptations – Utö. Site, Stories and Sensory Methods, Multidisciplinary Workshop, Finlândia e em 2014 a residência artística Feinprobe Honigsüss 7, Wbmotion, Wittenberg, Alemanha.

Expõe regularmente desde 2009, contando entre as exposições mais recentes com: “Sobre a noite cósmica” (2017), resultado de uma parceria com Adriana Romero, no gnration, com o apoio da Fundação Bracara Augusta; “I have something important to tell you: a postcard to a friend I haven’t met yet”, Gallery at CASA, Lethebridge, Canadá (2017); “E como estrelas/ duplas/ consanguíneas, luzimos de um para o outro/ nas trevas” (2016), Casa do Vinho, Barcelos; “Immersion” (2015), ADD.Lab, Espoo, Finlândia.

 

link para website

Comments are closed.