Open Call for Artistic Residencies – Tijolo |Brick

(please scroll down to read in English)

Bolsa-Tijolo

PT//

Tijolo | Residências Artísticas

CONCURSO PARA RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS NA OFICINAS DO CONVENTO

Candidaturas abertas até dia 15 Agosto

Enquadrado pelo programa quadrienal Técnica, Artes e Lugares, A Oficinas do Convento abre em 2018 um Concurso para Residências Artística na Oficinas do Convento tendo como mote o Tijolo enquanto elemento base para a criação artística.

CONTEXTUALIZAÇÃO

Fabricado e utilizado por todas as culturas do mundo, o tijolo é um objecto intemporal, de formatos e dimensões relativamente regulares, porém de uma diversidade que condiz com as diferenças culturais existentes. De fabrico antigo ou moderno, a sua prevalência social torna também visível a identidade existente entre os homens.

Os tijolos produzidos no Telheiro da Encosta do Castelo, Montemor-o-Novo, são de influência medieval, proveniente ainda da tradição romana e bizantina[1]. De uma constituição arenosa, feitos de uma pasta de argila, terra e água, numa consistência próxima à da lama, os tijolos apresentam aspecto maciço e evidenciam a manufactura artesanal, pelas marcas da mão inscritas na superfície. Sendo de produção antiga, os tijolos têm também a característica de fazerem parte da imagem das construções vernaculares do Alentejo. No entanto, a propósito dos cruzamentos disciplinares desenrolados pelas Oficinas do Convento e o contexto artístico onde se insere a associação, pretende-se fomentar a utilização do tijolo na criação artística e valorizar os recursos existentes no Telheiro da Encosta do Castelo, quer no âmbito da produção de materiais de construção, quer no âmbito do apoio à criação artística, propondo assim a realização de residências na área artística que tenham o tijolo como base para a criação.

Aqui, o tijolo, além de poder ser pensado na sua dimensão mais imediata — objectual e construtiva — evidenciando aspectos de produção, formação, conformação ou aplicação, poderá ser considerado também na sua vertente poética, social, histórica ou cultural.

Tais âmbitos de abordagem poderão ser explorados em diferentes linguagens da criação — escultura, instalação, vídeo, fotografia, desenho, entre outros — cruzando ou tocando casualmente as fronteiras da arquitectura e do design.

Sem desmerecer ou preterir a elaboração de esculturas de índole objectual, no caso de projectos de maior escala, dar-se-á prioridade a propostas de carácter efémero, processual ou de índole colaborativa que resolvam, neste último caso, eventuais questões práticas da cidade.

APRESENTAÇÃO BREVE

O tijolo pode ser pensado e usado na sua dimensão mais imediata — objectual e construtiva — evidenciando aspectos de produção, formação, conformação ou aplicação ou ser considerado na sua vertente poética, social, histórica ou cultural, explorando a diversidade e as potencialidades formais e conceptuais do tijolo, através de diferentes linguagens da criação.

Assim, este concurso destina-se a autores das seguintes áreas:

  • artes-plásticas: escultura e/ou pintura
  • arquitectura
  • cerâmica
  • desenho
  • design
  • escrita
  • fotografia
  • instalação
  • vídeo

[1] FRÓIS, Virgínia, SILVA, Vasco Fernando Dias, Realibitação de um Telheiro em Montemor- o-

Novo, In ArteTeoria, Revista do CIEBA – Centro de Investigação e de Estudos em Belas-Artes –

Secção Francisco de Holanda, no 14/15, 2011/2012, Lisboa, p. 101.

REGULAMENTO  FICHA DE INSCRIÇÃO

 

Brick-CallEN//

Brick | Artistic Residencies

Open Call for Artistic Residencies in Oficinas do Convento

Last day for the applications is on the 15th August.

These Artistic Residencies are part of the program “Técnica, Artes and Lugares”, the project,opens in 2018, an open call for Artistic Residencies in Oficinas do Convento having as a motto the Brick as a basis element for artistic creation.

Contextualization

Manufactured and used by all of the cultures in the world, the brick is a timeless object, with relatively regular formats and dimensions, nevertheless of a diversity that matches with the existing cultural differences. From old or new manufacture, its social prevalence gives visibility to the existing identity between men.

The bricks produced in Telheiro da Encosta do Castelo, Montemor-o-Novo, are of medieval influence, stemmed from the roman and byzantine traditions. From a sandy composition, made from a clay paste, earth and water, in a consistency similar to the mud, the bricks present a solid aspect and highlight the manual manufacture by the hand marks on its surface. Being of old production, the bricks are also part of the vernacular constructions of Alentejo. Nevertheless, as a result of the disciplinary intersections developed by the Oficinas do Convento and its artistic context. It is investigated the use of brick in the artistic creation and to value the existent resources in Telheiro da Encosta do Castelo, in a material production context and as a support for the artistic creation.

Such contexts of approach can be explored in different languages of creation – sculpture, installation, video, photography, drawing, and more – crossing or touching in a casual way the borders of architecture and design.

Application Process

The main aim of Brica-Artistic Residencies is to think and explore this product in its most immediate dimension – objective and constructive – highlighting the production aspects, formation, conformation or application, or in its poetical, social, historical or cultural aspect, exploring the diversity and the formal and conceptual potentialities of the brick, through different languages of creation.

Therefore, this call is destined to artistic proposals in the following areas:

  • Plastic arts: sculpture and/or painting
  • Architecture
  • Ceramics
  • Drawing
  • Design
  • Writing
  • Photography
  • Installation
  • Video

REGULATION     APPLICATION FORM

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>