Luca Argel

Luca Argel

Dia 13 Julho/ 13th July | 22:00h | Convento de S. Francisco

31430327124_637925aab5_k

 

32233280906_6f2d7ea569_kSabem os sábios que as palavras mais simples fazem as canções mais bonitas. O novo álbum de Luca Argel, poeta e cantautor carioca radicado no Porto, é um disco de sambas despidos que brilham na sua enganadora simplicidade. As canções contém somente voz e violão, mas é tudo quanto precisam. Dos subúrbios às galáxias do Star Wars, ele canta histórias com uma amável intimidade. Mas nada é verdadeiramente simples na música de Luca Argel – ele sabe trabalhar a carpintaria das palavras, o poder do ritmo e a sedução de uma melodia. Com subtileza e sentimento, enlaçada em mel, a voz saboreia a destreza dos poemas e respira o ardor das melodias. Bandeira é um carinho nos ouvidos.

[Ana Patrícia Silva, Time Out Porto – Abril, 2017]Luca Argel (Rio de Janeiro, 1988), é formado em música pela UNIRIO e mestre em Literatura pela Universidade do Porto. É vocalista e compositor dos grupos “Samba Sem Fronteiras”, “Orquestra Bamba Social” e “Ruído Vário”, este último em parceria com a cantora Ana Deus. Tem livros de poesia publicados no Brasil, em Espanha e em Portugal, um dos quais foi semifinalista do Prémio Oceanos 2017. Em 2016 lançou seu primeiro disco a solo, “tipos que tendem para o silêncio”, e em seguida “Bandeira”, considerado pelo site Embrulhador como um dos melhores lançamentos da música brasileira em 2017.


Luca Argel (Rio de Janeiro, 1988), is graduated in music by UNIRIO and mastered in Literature by the University of Porto. He’s the vocalist and the songwriter from the groups “Samba Sem Fronteiras”, “Orquestra Bamba Social” and “Ruído Vário”, this last one with a partnership with the singer Ana Deus. He has poetry books published in Brazil, Spain and Portugal, one of them being semifinalist of the Prémio Oceanos 2017. In 2016, he released his first solo record, “tipos que tendem para o silêncio”, followed by “Bandeira”, considered, by the site Embrulhador, one of the best releases in brazilian music in 2017.

Comments are closed.