Residência Artística “Wearing bricks – a body landscape”

pt

 

Residência Artística “Wearing bricks – a body landscape”

project-outline-009Inicia-se hoje a Residência Artística “Wearing bricks – a body landscape” de Cristina Gallizioli e Marco Ferrari, que se vai dividir em duas fases. A primeira fase vai decorrer entre os dias 3 e 10 de Dezembro de 2018, enquanto que a segunda fase terá lugar no início do próximo ano.

Este projecto insere-se no concurso de Residência Artística do Tijolo,  onde a abordagem ao Tijolo vai ser o ponto fulcral no desenvolvimento deste trabalho e vai consistir na instalação de pequenos tijolos, para criar estruturas arquitectónicas em torno do corpo como se este se tratasse de uma paisagem. A instalação transforma-se numa performance através da presença da figura humana, da mesma forma que os artistas vão usar os projectos dos pequenos tijolos  na criação de um cenário para as suas histórias tomarem lugar.

Segundo os artistas, o projecto é uma experimentação da imaginação, da mesma forma que estará aberto para discussão e receptivo a ideias no que diz respeito ao uso de pequenos tijolos no design, na arquitectura, na produção de detalhe e objecto, como forma de tirar proveito da modularidade e das características tácteis do tijolo.

 

 

 

 

 

en

Artistic Residency “Wearing bricks – a body landscape”

 

project-outline-009

It starts today the Artistic Residency “Wearing bricks – a body landscape” by Cristina Gallizioli e Marco Ferrari that will be divided in two parts. The first period of this Residency will take place from the 3rd until the 10th of December, while the second part will take place at the beggining of next year.

Frameworked in the Brick Artistic Residency proposal, Cristina Gallizioli and Marco Ferrari (the winners), will develop a project called “Wearing bricks – a body landscape”, where the Brick approach will be the major aspect of the project’s development.

This work will consist in an installation with small bricks, which create architectural structures around the body as if the body was a landscape. The installation becomes a performance through the presence of the human figure, as the arists will be wearing the small brick projects creating the backgound for their stories to take place.

According to the artists, the project is an imagination experiment but will also open up discussion and ideas about the use of small bricks in design, architecture detailing and object production, to take advantage of brick’s modularity and haptic characteristics.

Comments are closed.