Curso de Cerâmica 2019-2020

4ªs FEIRAS, DAS 18h ÀS 20h

CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CERÂMICA OCT

MONTEMOR-O-NOVO

 

cartaz-cursoFORMADORES

Leonor Mire/ Ana Almeida

 

PÚBLICO-ALVO

Público em geral, maiores de 16 anos.

DONATIVO/INSCRIÇÕES – 30,75€ (inclui IVA a taxa em vigor)A inscrição inclui um Manual de Iniciação à Cerâmica de autoria de Ana Almeida.

 

Donativo/Mensalidade – 4 aulas: 55,35€ (inclui IVA a taxa em vigor)

(10% desconto para sócios, estudantes e desempregados)

Materiais e fornadas incluídos

 

MAIS INFORMAÇÕES

www.oficinasdoconvento.com

telheiro@oficinasdoconvento.com

 

OBJETIVOS

Conhecer o barro e as suas principais propriedades;

Aprender as principais técnicas de modelação e decoração;

Criar peças em cerâmica utilizando a técnica ao serviço da criação;

 

APRESENTAÇÃO (30 Outubro)

Apresentação do programa.

Visita guiada aos espaços das Oficinas da Cerâmica e da Terra.

 

MÓDULO 1 (Novembro)

6/11 – Origem e formação do barro. Como identificar e recolher barro no campo. As propriedades do barro. Os engobes naturais.

13/11 – Introdução às técnicas de conformação. As ferramentas. Modelação livre. Técnica do maciço ocado. Barro vermelho (baixa temperatura). Pintura com engobes.

20/11 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

27/11 – Continuação e conclusão dos trabalhos. Acabamentos, brunidura, resinas naturais, ceras e óleos. Secagem, enforna e cozedura.

 

MÓDULO 2   (Dezembro)

4/12 – Técnica do rolo. Planos e curvas – Barro vermelho (baixa temperatura).

11/12 – Técnicas de decoração com engobes: reservas, manchado, rendilhado.

18/12 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

Continuação e conclusão dos trabalhos.

 

MÓDULO 3 (Janeiro)

8/1 – Técnica da lastra. Azulejos artesanais – Faiança/ Barro branco (baixa temperatura)

15/1 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de um pequeno painel de azulejos. Lastra e corte.

22/1 – Decorações: Pintura tradicional alentejana. Pintura do painel com engobes – esgrafitado.

29/1 – Continuação e conclusão dos trabalhos. Vidragem do painel.

 

MÓDULO 4   (Fevereiro)

5/2 – Técnica da lastra. Colagem. Volumes a partir de planos. Barro Vermelho (baixa temperatura)

12/2 – Técnicas de decoração em relevo: Incisão, colagem, estampagem, empedrado, perfuração. Carimbos. Lavagens.

19/2 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma caixa ou outra peça a partir dos conteúdos dados.

26/2 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

 

MÓDULO 5   (Março)

4/3 – Pastas coradas. Elaboração de testes e amostras de cores. O marmorizado. Faiança (baixa temperatura)

11/3 – Nerikomi.

18/3 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

25/3 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

 

MÓDULO 6   (Abril)

1/4 – Reprodução em série. Moldes de gesso: enchimento com pasta e com barbotina. A porcelana (alta temperatura).

8/4 – CRIAÇÃO: Exercício criativo. Construção de moldes de gesso.

15/4 – Enchimento de moldes – acabamentos.

22/4 – Enchimento de moldes. Vidrar peças. Continuação e conclusão dos trabalhos.

 

MÓDULO 7   (Maio)

6/5 – Grés, alta temperatura. Os vidrados. Suportes para testes.

13/5 – Técnicas de decoração sobre chacota: Estresido (transferência de imagem), Corda seca, Majólica, Minas cerâmicas.

20/5 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

27/5 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

 

MÓDULO 8 (Junho)

3/6 – Técnicas de transferência de imagens: decalque com carimbos.

17/6 – CRIAÇÃO: Exercício criativo, realização de uma peça a partir dos conteúdos dados.

24/6 – Continuação e conclusão dos trabalhos.

1/7 – Vidragem. Continuação e conclusão dos trabalhos.

 

EXPOSIÇÃO COLECTIVA (Julho)

Apresentação dos trabalhos realizados.

 

 OBJECTIVOS:

  • Aproximar o indivíduo dos processos criativos e artísticos na cerâmica e na arte.

Focar o prazer de pensar e criar e usar a técnica ao serviço da criação.

 

  • Conhecer o barro, a sua origem e as suas propriedades

Plasticidade, cor, endurecimento, contracção, sinterização e porosidade.

 

  • Trabalhar os diferentes métodos de conformação do barro e saber usar o mais indicado para cada situação.

Modelação, maciço ocado, lastra, colagem, rolo, roda, moldagem.

 

  • Aprender as principais técnicas de decoração, pintura cerâmica, engobes e vidrados. Esgrafitado, estampagem, reservas, manchado, minas cerâmicas, nerikomi, etc..

 

  • Conhecer os diferentes tipos de fornos e as suas possibilidades.

Forno eléctrico, Forno de campânula a gás (Raku), Forno de papel, Forno de serradura.

 

  • Realizar um trabalho no final do curso, a ser apresentado numa exposição colectiva.

 

 

 

Comments are closed.