Convocatória UNLOOP

CONVOCATÓRIA UNLOOP

UNLOOP
de David Negrão & Sara Montalvão
Projecto interdisciplinar e participativo criado em contexto de residência artística no Alentejo – São Luís, Odemira e Montemor-o-Novo, em Outubro e Novembro 2021.
241797208_4723301171081839_8474850427380212648_nProcuramos até 6 intérpretes que estejam motivados a participar de uma experiência performativa e criativa única, determinada pelo local onde acontece, e que se apresenta como um jogo, onde as escolhas dos espectadores determinarão o espectáculo visionado.
O sentido de jogo é fortemente estimulado, lidando com imprevisibilidade, estado de alerta e consciência do corpo espontâneo expressivo. Visa trabalhar o desenvolvimento de destrezas físicas e de composição coreográfica abraçando a arte visual e a sonoplastia.
Os intérpretes serão guiados através de orientações coreográficas, visuais e sonoras, de exploração de vocabulário físico em interacção com música, projecções visuais e técnicas digitais de mapeamento do corpo.
Trata-se de um processo criativo experimental, cujo resultado será em grande parte definido pelo contributo dos participantes face às propostas apresentadas, apresentando-se finalmente como um jogo que acontece com os espectadores.
RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS
As residências realizam-se no espaço Cultivamos Cultura, em São Luís, Odemira durante o mês de Outubro e no espaço Oficinas do Convento em Montemor-o-Novo, durante o mês de Novembro.
Têm como foco o questionamento e reflexão sobre o que é a memória no corpo, e como os processos neuronais afectam a nossa própria percepção do passado e do presente e, consequentemente, como se traduzem em estados e linguagens corporais distintos e pessoais. Os sentidos visuais e sonoros são trabalhados em diálogo e em interacção com estes, retro alimentando-se e estimulando-se.
QUEM
Este projecto convoca e dirige-se a pessoas com ou sem experiência em artes performativas, mas que tenham uma motivação particular de trabalho com o corpo e interesse na multidisciplinaridade. Todos os tipos de corpos são considerados, o trabalho é desenvolvido in loco e aberto a pessoas provenientes de qualquer região do país. Serão selecionados até 6 participantes por residência artística.
COMO
Os interessados devem enviar para project.unloop@gmail.com o seguinte:
– Duas fotografias (rosto e corpo inteiro),
– Pequena biografia com indicação da idade e respectivos contatos; Links de trabalhos, experiências anteriores ou redes.
– Vídeo informal (via link) até 3 minutos onde estejam a improvisar.
A data limite de inscrição é até 26 de Setembro e os resultados serão divulgados até 3 de Outubro via e-mail.
PROCESSO CRIATIVO E APRESENTAÇÃO
Os artistas finalistas seleccionados estarão envolvidos nos seguintes programas:
Programa de residência Cultivamos Cultura (São Luís, Odemira)
16 e 17 de Outubro – das 10h às 13h e das 14h às 18h30
19 e 21 de Outubro – laboratório em formato videoconferência das 19h às 20h30
23 e 24 de Outubro – das 10h às 13h e das 14h às 18h30
24 de Outubro – Apresentação pública do jogo performativo UNLOOP, às 21h
.
Programa de residência Oficinas do Convento (Montemor-o-Novo):
2 a 7 de Novembro – das 10h às 13h e das 14h às 18h
7 de Novembro – Apresentação pública do jogo performativo UNLOOP, às 21h
CONDIÇÕES
Alojamento e alimentação para os períodos acima mencionados. Os espaços de acolhimentos têm condições para cozinhar.
As residências artísticas e apresentações cumprem todas as normas da DGS.
David Negrão, artista visual, e Sara Montalvão, bailarina e coreógrafa, dirigem artisticamente este projecto contando com a colaboração criativa do músico e compositor Sérgio Walgood.
Este projecto conta com o apoio financeiro do programa Garantir Cultura – GEPAC, Ministério da Cultura, apoio residências Cultivamos Cultura (São Luís) e Oficinas do Convento (Montemor-o-Novo).

Comments are closed.