See You For Lunch na Oficinas do Convento

See You For Lunch na Oficinas do Convento

6 de Abril 2022 | 18:00

Oficinas do Convento, Montemor-o-Novo

Obrigatório reserva para comunicacao@oficinasdoconvento.com – 5€ (contribuição para o artista)

 

see-you-for-lunchSee You For Lunch é uma colaboração entre Helena Espvall, Julius Gabriel e Zbigniew Kozera, que vos convida a uma projeção astral de cronoportações improvisadas através de sons folk imaginários, ritmos hipnóticos e formas de composições auditivas livres. O projeto vai começar em Abril de 2022 numa residência na Sociedade Harmonia Eborense e vai estar em tour por Portugal.

 

Helena Espvall é conhecida pela sua participação no folk psicadélico pós-millennial, rock e cenas de improvisação livre. Com um pé da Suécia e o outro dos Estados Unidos da América, a artista criou Anahita, Fursaxa; actuou com os Espers, Charalambides; acompanhou Vashti Bunyan, Marissa Nadler e Bert Jansch, sem esquecer o seu trabalho a solo, sempre magnético ou simplesmente mágico. Ao viver em Lisboa nos últimos anos, tornou-se numa parte integral do panorama da música local, tendo trabalhado com bandas como Variable Geometry Orchestra, Lantana, String Theory e Beautify Junkyards.

Julius Gabriel dedica-se à improvisação livre, ao noise, drones e induções trance. Desde 2017 que lança música enquanto artista solo no Subcontinental Records, Creative Sourcer, Lovers & Lollypops e Otomatik Muziek. Em conjunto com os seus saxofones, Julius usa técnicas de respiração extensas, cornetas feitas por si e electrónica. Já actuou com grandes conjuntos como os The Dorf, The Blue Shroud Band e os London Jazz Composers Orchestra e criou várias bandas como Das Behälter Jupiter, About Angels And Animals, Paisiel e Ikizukuri.

Zbigniew Kozera trabalha na área da música orgânica, improvisação livre e jazz com foco na música tradicional. Virtuoso na sua natureza, Zbigniew testa os limites do agudo ou suave do seu contrabaixo; adicionando o “sub-saharan guimbri”, usado na música ritualista da Gnawa ao seu reportório. Omnipresente no panorama de jazz avantagarde polaco da última década, tornou-se parte de bandas como Into the Roots, Sundogs, Wschód, Rybicki Kozera, Power of the Horns, Dominik Strycharski Core e Queented.

 

 

Comments are closed.